domingo, 31 de março de 2013

Rapidinhas da 9ª Rodada do 2º Turno do #PE2013


Esta rodada começou na quarta com a vitória do Sport na Ilha e terminou neste domingo com clássico e apagões em Caruaru e Garanhuns.

Sport 5 x 0 Chã Grande - A boa Raposa foi devorada pelo Leão no 1º tempo na Ilha do Retiro. Perdendo de 3 x 0 o Chã Grande voltou melhor na 2ª etapa, ou será que foi o Sport que não quis mais? Ainda coube mais dois na mala do Chã. Goleada incontestável do Rubro-negro.

Náutico 0 x 2 Santa Cruz - O chamado "Clássico das Emoções" acontece nos Aflitos, deixando a torcida do Náutico com um sentimento igual a alcunha do seu estádio. Dois gols no 2º tempo, agressões contra a esposa do Treinador Mancini e etc. Os alvirrubros deveriam estar acostumados a perder né? Ficam agindo como se fosse um absurdo perder um clássico. Aff!

Salgueiro 0 x 2 Ypiranga - O SAC tá de sacanagem né? Achou que chegaria botando pra quebrar no interior, mas se esqueceu de planejar. Perdeu jogadores importantes e a moral em seu alçapão. Mas pra Clebel o que vale é só dinheiro né? A Máquina do interior passou por cima e agora só depende de si, para estar na semi-final. Isso sim é uma surpresa, um time que só fez 3 gols no 1º turno. Pense num campeonato imprevisível no interior!

Petrolina 1 x 1 Belo Jardim - Calando a boca de todos os comentaristas quando afirmaram que a Fera dificilmente tiraria pontos de mais alguém quando venceu o Central na 1ª rodada do 2º turno. O Calango só conseguiu empatar o jogo aos 49 minutos do 2º tempo. São 2 vitórias e 3 empates até agora. "Copiou?"

Pesqueira 3 x 2 Central - APAGÃO 1 - Além do apagão do próprio Central que desapareceu no 2º turno, o Presidente do Central também desapareceu, o dinheiro também desapareceu... Mas no jogo a Patativa esteve na frente o tempo todo quando no final do jogo com os refletores do lado de sua defesa encontravam-se apagados e só foram acessos após o gol do Pesqueira que teve o Balloteli do Agreste marcando 3 gols.

Porto 4 x 0 Serra Talhada - APAGÃO 2 - Este apagão foi mais prolongado. Com 2 gols de Joelson o Porto manda o cangaceiro pra casa com o balaio cheio de chocolate neste domingo de Páscoa. O Jogo teve um 2º tempo com mais de 100 minutos corridos em decorrência da queda de energia no estádio Lacerdão. Apagou-se também o futebol do Serra que vinha bem no certame. Já o Gavião reage e entra na briga pelo G-4.

sábado, 30 de março de 2013

Debandada geral de jogadores no CENTRAL

A Crise continua pro lado do Glorioso
da Agamenon Magalhães.

Em Caruaru a Patativa segue em uma crise que se agiganta a cada dia. Com o presidente Sivaldo Oliveira ausente num momento delicado o clube perde um jogador importante. O goleiro Rodrigão se destacou, apesar da campanha miserável do time no 2º turno do #PE2013, e chamou a atenção do América de Natal que já fechou com o jogador. Além de Rodrigão, o time do Rio Grande do Norte, ainda estaria interessado no meia Tallys, que vem sendo o grande articulador, maestro, destaque e etc, no elenco alvinegro. Além desse assédio, o Sport e o Santa estariam interessados no volante Cleber. Aliando isso à falta de dinheiro, a divisão da diretoria, a decisão do conselho deliberativo em não enviar verba até que se apresente um balanço das finanças do clube (algo que não acontece a 1 ano e 5 messes) e a saída de outros jogadores. A torcida (os que restaram) agora rogam aos céus para que o time não caia para a série A2. Quem te viu no 1º turno, jamais esperaria te ver na sarjeta no 2º...
é lamentável, mas é desse jeito!

terça-feira, 26 de março de 2013

Crise na Patativa! "A história se repete"

O Central fez um belo 1º turno, jogando mal e vencendo. Bastou a sorte dar um tempo que os Centralinos caíram no aperreio. Em meio a boatos e desaparecimento de jogadores, funcionários acionando o clube na justiça e ameaça de rebaixamento o Presidente do Central Sport Club, o vereador Sivaldo oliveira, embarca para os Estados Unidos da América. Fazer o que? Sei não. Só sei que se ele não voltar com a mala cheia de dólares a coisa vai ficar pior.

O conselho deliberativo se reuniu sob a liderança do Presidente em exercício e decidiu que não vai ajudar em quanto as contas do clube não forem comprovadas. Em 1 ano e 5 messes de administração o atual gestor ainda não apresentou o balancete das contas da agremiação. Os empresários presentes se negam a ajudar enquanto não houver transparência. Mais uma vez a história se repete. Começa bem e depois aparecem os "podres."

Antes de viajar o Empresário, Vereador e Presidente do Clube, Sr. Sivaldo Oliveira, ameaçou publicamente quem se opusesse à sua administração. Em um tom inflamado num programa da sua própria rádio ele afirmou: Eu quero ver um homem aqui na minha frente, dizer que tem alguma coisa errada no Central! (aos berros). Resta lamentar a postura do representante evangélico na câmara dos vereadores, que chama jornalistas e torcedores para a briga. LAMENTÁVEL!

segunda-feira, 25 de março de 2013

SERRA TALHADA pode sofrer "punição"


Na quinta colocação do segundo turno do Campeonato Pernambucano, somando 11 pontos, a apenas um do G-4, o Serra Talhada pode se complicar. Isso porque o meia Kássio, artilheiro do Cangaceiro na competição, com quatro gols, atuou na vitória contra o Salgueiro, no último domingo, de maneira irregular. O jogador já tinha tomado três cartões amarelos (contra o Belo Jardim, pela quarta rodada; contra o Central, pela sexta rodada e contra o Santa Cruz, pela sexta rodada) e estava suspenso.

De acordo com o presidente da Comissão de Arbitragem (CEAF), Erich Bandeira, o árbitro da partida, Gilberto Castro Júnior, não tinha o poder de impedir o jogador de atuar.

- Nem o árbitro da partida e nenhum outro pode impedir um jogador de jogar. Se ele está relacionado, teoricamente, pode jogar. Não cabe ao juiz e nem à CEAF fazer esse balanço. Agora, é de se lamentar a falta de atenção do Serra Talhada. Um clube perto do G-4 cometer esse tipo de erro.O diretor geral de competições da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Murilo Falcão, afirmou que ainda não tinha tomado conhecimento da irregularidade. Mas que vai passar tudo para o setor jurídico da entidade.

- Sinceramente, não estava sabendo de nada. Porém vamos conferir as súmulas e passar tudo para o setor jurídico. Aí então uma possível punição pode acontecer. Mas eu não estou autorizado a dizer quando nós vamos encaminhar isso. Se por acaso o clube for penalizado, a imprensa vai saber na hora certa. Não há previsão para que se diga quando isto vai acontecer.

O presidente do Serra Talhada, José Raimundo, disse que desconhecia o artigo 20º do regulamento da competição, que prevê "os cartões de todos os atletas são zerados ao término do primeiro turno". O alerta foi dado justamente pelo presidente do Salgueiro, Clebel Cordeiro.

- Eu recebi a ligação do Clebel, me falando desse artigo. Sinceramente, eu desconhecia. Eu não sabia que o Kássio não poderia jogar. Mas eu vou ter uma reunião com a minha comissão técnica e meus diretores de futebol. Vamos fazer um levantamento de todos os cartões do nosso elenco. Se realmente conferir essa suspensão do Kássio, o jeito é aguardar a punição.

A previsão é que o Serra Talhada seja punido com a perda dos três pontos ganhos pelo Cangaceiro na vitória sobre o Salgueiro. O Carcará do Sertão não seria beneficiado com a punição do adversário.

"Se realmente conferir 
essa suspensão do Kássio,
o jeito é aguardar a punição" 

José Raimundo,
presidente do Serra Talhada



http://globoesporte.globo.com/futebol

Clássico no Agreste é jogo pegado.


Belo Jardim 2 x 2 Pesqueira - Em partida válida pela oitava rodada do segundo turno, o Calango do Agreste e o Pesqueira fizeram um belo jogo, com quatro gols e muitas oportunidades. O empate de 2 a 2 terminou não sendo muito justo diante do que foi apresentado pelo Belo Jardim. 

Aos 16 minutos do primeiro tempo, Deisinho abriu o placar para o Pesqueira, mais o Calango do agreste mesmo perdendo foi em busca do empate e conseguiu empatar com Muller aos 26 minutos ainda do primeiro tempo. Aos 36 minutos o Pesqueira chegou a ficar a frente de novo com Deisinho, e o primeiro tempo terminou assim, Belo Jardim 1 x 1 Pesqueira.
No segundo tempo o Belo Jardim mostrou muita raça e varias oportunidades de gols foram criadas, quando aos 28 minutos o jogador Fernandinho foi derrubado na grande área do Pesqueira sendo marcado assim um pênalti, quem cobrou e conseguiu o empate para o Calango foi ele novamente, Muller. o Belo Jardim continuou pressionando a equipe adversaria e conseguiu virar o jogo, mais o juiz anulou o gol. O jogo acabou assim, Belo Jardim 2 X 2 Pesqueira.
Um fato lamentável foi quando no intervalo do jogo, a torcida do Pesqueira danificaram os banheiros quebrando todas as torneiras que la existiam. 

Fonte: psqepeladoa2010.blogspot.com.br/
Fotos: Manu Campelo.

#PE Série A2 - 2013 - Recorde de Equipes

Nosso blog vai trazer para você um "mói" de matérias sobre a série A2 do Pernambucano. Então se aprume que la vai postagem!

A pioneira edição da segunda divisão do Campeonato Pernambucano, nos moldes atuais, foi em 1977. O torneio parou ali mesmo. Só voltou em 1995 com a interiorização do futebol no estado. Desde então, uma sequência ininterrupta.

Em 2013, portanto, a Federação Pernambucana de Futebol irá organizar a vigésima edição da Segundona, oficialmente chamada de “Série A2″.

O número de times poderá ter um recorde neste ano. Foram 8 equipes em 2011 e 15 em 2012. Segundo Evandro Carvalho, presidente da FPF, o total de inscritos poderá checar a 30. Sim, trinta clubes. A princípio, utópico.

A entidade, apesar do ofício para os interessados, ainda não divulgou a lista.

O campeonato desta temporada deve marcar ainda uma série de novidades estruturais, com a formação de elencos Sub 23, visando a revelação de atletas, com limite para três (ou cinco) jogadores sem limite de idade.

Além disso, justamente para movimentar a base, Náutico, Santa Cruz e Sport deverão competir. Porém, com o time “B”, sem a possibilidade de acesso.

Fonte: blogs.diariodepernambuco.com.br/esportes

domingo, 24 de março de 2013

Rapidinhas da 8ª Rodada do #PE2013


O campeonato estadual desacelerou, saindo daquele ritmo frenético de rodadas quarta-feira/domingo. Agora, uma por semana. Ocasionalmente, um jogo será realizado quarta à noite para preencher a grade da televisão.

Nesta oitava rodada do Pernambucano, Náutico e Santa Cruz prepararam o terreno para chegar no Clássico das Emoções como líder e vice-líder do turno, respectivamente. Em relação à zona de classificação à semifinal, Elivelton fez o gol que manteve o Ypiranga no G4, aos 43 do 2º tempo.

Os seis jogos registraram 17 tentos, com média de 2,83. No geral, o #PE2013chegou a 218 gols em 84 partidas, com média de 2,59. Na artilharia, o alvirrubro Elton chegou a 14 gols. Porém, a vantagem sobre Rogério segue em dois gols, pois o companheiro de ataque no Timbu baçançou as redes.

Central 0 x 4 Náutico – No Lacerdão, o Alvirrubro devolveu a derrota nos Aflitos, no 1º turno, com juros e correção monetária. Voltou aos eixos após o clássico.

Santa Cruz 1 x 0 Petrolina – O Tricolor alcançou o 2º lugar aos 44 do 2º tempo. César deu uma semana de tranquilidade aos corais até o clássico nos Aflitos.

Ypiranga 2 x 2 Sport – Jogo bem disputado no Limeirão. Apesar de ter atuado melhor, o Leão pecou nas finalizações. O tropeço custou uma boa sequência.

Serra Talhada 2 x 0 Salgueiro – No clássico sertanejo, o Cangaceiro manteve a boa campanha. Só não saltou para o G4 devido ao gol salvador do Ypiranga.

Chã Grande 1 x 1 Porto – Mais uma vez sem poder atuar no Barbosão, a Raposa atuou em Vitória, onde viu Joelson empatar no fim e chegar a 9 gols.

Belo Jardim 2 x 2 Pesqueira – Dois gols de Muller e dois gols de Deisinho para o Calango e para a Águia, respectivamente. Duelo equilibrado no Sesc.




sábado, 23 de março de 2013

O Salgueiro está de parabéns pelos seus 41 anos

Fundado como um time amador, o então Atlético Clube de Salgueiro nasceu no dia 23 de março de 1972. Desde os primórdios a equipe mandava seus jogos no estádio Cornélio de Barros, o tricolor do sertão disputava apenas partidas pela Liga de Salgueiro.

A profissionalização veio apenas em 2005. No entanto, o clube não demorou muito para conquistar suas primeiras glórias – na primeira temporada atuando como uma equipe profissional, o Carcará venceu a Copa da Integração – torneio regional. Nas competições organizadas pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o Salgueiro estreou levantando a taça da Copa Pernambuco 2005 contra o Sport Club do Recife. Na estreia em campeonatos profissionais, o vice-campeonato da Série A2 garantiu a passagem do Salgueiro para elite do futebol pernambucano.

A participação inédita no Pernambucano não foi das melhores, e o clube acabou voltando para a segunda divisão. O retorno para a divisão principal veio logo no ano seguinte, desta vez o acesso para a A1 veio com o título da segundona. Mais amadurecido para a primeira divisão do Pernambucano, o clube logo se afastou da zona de rebaixamento, e ainda conseguiu a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série C de 2008. A partir deste momento o clube deu o primeiro salto no âmbito nacional, avançando até a teceira fase da competição.

O Salgueiro Atlético Clube seguiu em evolução ao ficar duas vezes consecutivas entre os quatro primeiros colocados do estadual, sempre qualificando-se para a Série C. A consagração do clube veio no ano de 2010, após a classificação conquistada na primeira fase, a torcida salgueirense se viu num dos momentos mais importantes da história da esporte do sertão pernambucano. O Salgueiro estava classificado para enfrentar o tradicional Paysandu pelas quartas de final da competição, o vencedor do confronto confirmaria o acesso para a Série B 2011.

Na partida de ida, empate por 1 a 1 no Cornélio de Barros em festa, o resultado deixava a classificação em aberta para o jogo de volta em Belém. A manhã de 17 de outubro seria o dia da redenção para os salgueirenses, conquistar o acesso diante do Paysandu parecia algo distante para um clube com apenas cinco anos no mundo do futebol profissional. Logo aos dez minutos de partida, o Papão da Curuzu marcou o gol que parecia afastar ainda mais o time pernambucano da classificação, atrás no placar e com todo um estádio a favor do adversário. Entretanto, o clube que já nasceu coberto de vitórias reverteu o placar com gols de Fágner, Júnior Ferrim e Edu Chiquita, numa virada histórica em pleno caldeirão da Curuzu, conseguindo o acesso, sendo primeiro clube do sertão pernambucano a disputar a Série B.

O Salgueiro levantou a bandeira do futebol do interior pernambucano, sendo reconhecido como uma força do futebol nordestino. A melhor campanha no Campeonato Pernambucano veio nos 40 anos do clube, o Carcará alcançou a terceira colocação do estadual, garantindo vaga inédita para a Copa do Nordeste, fazendo história e evoluindo a cada temporada. Além das conquistas nos gramados, o estádio Cornélio de Barros passou por uma ampliação recentemente, passando a acomodar 10 mil torcedores, o clube também vem investindo no futuro, através de suas categorias de base.

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) deseja um feliz aniversário para a torcida e todos que compõem o Salgueiro Atlético Clube

sexta-feira, 22 de março de 2013

Laelson Lima está de volta ao Gavião

Após quase treze meses, Laelson Lima está de volta ao comando técnico do Porto. O treinador comandou o Gavião na boa campanha do Pernambucano 2011, quando o Porto terminou o estadual na quarta posição. Laelson também comandou o time no Brasileiro da Série D e no primeiro turno do Pernambucano 2012. No total, foram 44 jogos, sendo 17 vitórias, seis empates e 21 derrotas.

Laelson estava iniciando um trabalho no Altinho Futebol Clube, time que pretende participar da Série A2 do Pernambucano ainda este ano.

Fernando Pires apareceu.

As coisas que acontecem no Central...
O volante Fernando Pires foi reintegrado ao elenco do Patativa. O atleta estava ´´sumido`` desde sexta-feira passada. E como a patativa está precisando urgente do jogador. O mesmo foi perdoado e já está de volta ao Lacerdão. Depois de um 1º turno muito bom, a equipe Centralina amarga a lanterna do 2º turno com muitos problemas da presidência até o porteiro. A verdade é que Pires é o coração do meio-campo alvinegro e sem ele o time não é o mesmo.

quinta-feira, 21 de março de 2013

CENTRAL 0 x 4 NÁUTICO - Cabia mais...

O Central perdeu mais uma partida neste segundo turno do PE 2013.

A patativa foi goleada pelo líder Náutico por 4x0 na noite desta quarta-feira no Lacerdão.

Uma vergonhosa derrota que dificilmente será esquecida.

Com o resultado negativo, o alvinegro continua na lanterna do segundo turno.

FICHA DA PARTIDA - CENTRAL 0 x 4 NÁUTICO


Central - Rodrigão; Tiago Araújo, Ítalo, Paulo Vítor e Jean Batista; Cleber, Douglas Amaral e Tallys; André Nunes (Jorge Luiz) , Tavares (Andrezinho) e Zulu (Pimenta).
Técnico: Leivinha.

Náutico - Felipe; Auremir (Rosrigo Souto), Alemão, Alison e Douglas Santos (Bruno Collaço); Elicarlos, Martinez, Marcos Paulo e Marcos Vinícius (Vinícius Pacheco); Rogério e Élton.
Técnico: Vágner Mancini

Pernambucano Coca-Cola. Local: Lacerdão, em Caruaru. Árbitro: Gilberto Freire. Auxiliares: Clóvis Amaral e Marcelino Castro. Cartões amarelo: Martinez, Elicarlos, Tiago Araújo, Gols: Marcos Vinícius, Vinícius Pacheco, Rogério e Elton (Náutico). Público: 4.100

Fonte: Giro dos esportes

quarta-feira, 20 de março de 2013

Central e Náutico se enfrentam no Lacerdão


As duas equipes precisam da vitória. O Náutico vem de uma derrota num clássico depois de estar fazendo um campeonato como favorito ao título. O resultado do jogo deixou os Alvirrubros atordoados. Já a Patativa vem de um 1º turno excelente, mas vencia sem convencer, aí a maré de sorte passou e o Glorioso de Caruaru começou a amargar péssimos resultados desde a 1ª rodada  do 2º turno e agora está na lanterna da competição. Tem tudo pra ser um jogo bom nesta noite na Capital do Forró.

Veja o Retrospecto:

2012: Central 1x2 Náutico
2011: Central 0x0 Náutico
2010: Central 1x0 Náutico
2009: Central 3x2 Náutico
2008: Central 1x1 Náutico
2007: Central 0x1 Náutico
2005: Central na série A2 
2006: Central 1x1 Náutico
2004: Central 0x3 Náutico
2003: Central 1x0 Náutico

terça-feira, 19 de março de 2013

PREPARATIVOS PARA O PE FEMININO 2013

A reunião que estava marcada para acontecer nesta quinta-feira (14) foi adiada para a próxima sexta-feira (22), às 15h30, na sede da FPF.

O encontro foi remarcado para a próxima semana devido a compromissos agendados pelo representante de Futebol Feminino da FPF, Elias Coelho, entre eles a busca de patrocínio para o campeonato. A próxima reunião será para definir a fórmula de disputa da competição.

Elias Coelho falou sobre o que espera do Pernambucano de Futebol Feminino 2013. “A expectativa é fazer um campeonato de qualidade. Já sabemos que Pernambuco conta com duas equipes fortes no ranking nacional. A campeã e a vice deste ano serão representantes da Copa do Brasil Feminina em 2014”, disse.

Confira as equipes que já confirmaram participação no Pernambucano 2013.

Sport

Central

Barreirense

Ceare/Guabiraba

Codif

Vitória de Santo Antão

Real

Internacional da Campina do Barreto

Vera Cruz de Camaragibe

Vera Cruz de Vitória de Santo Antão*

Seleção de Paulista*

Pernambuco Futebol Clube*

Seleção de São Lourenço *

Polícia Militar *

* Os cinco últimos participam pela primeira vez da competição.

Campinense Campeão do Nordeste 2013

Em partida válida pelas finais da Copa do Nordeste 2013, o Campinense venceu o ASA pelo placar de dois a zero no Estádio O Amigão, em Campina Grande, e é campeão da Copa do Nordeste 2013.


Um dia diferente em Campina Grande. Um dia decisivo. Um dia Rubro-Negro. Esse foi o domingo, 17 de março de 2013. Dia em que o Campinense Clube conseguiu o título do certame regional.

Diante de uma Amigão lotado como há muito não se via os guerreiros comandados por Oliveira Canindé mostraram para todo o Brasil a força da Raposa. Guerreiros esses que no início foram desacreditados pelo fantasma do desconhecimento, mas que mostraram dentro e fora de campo dignidade ao vestir as cores da equipe Cartola.

Não foi só o gol de Jeferson Maranhense no início do segundo tempo ou a bela jogada iniciada por Dedé que resultou no gol de Ricardo Maranhão e nem os outros quinze gols no decorrer da competição que garantiram a taça no Alto da Bela Vista. Foram todos os dias de trabalho árduo e dedicado de todo o elenco e Diretoria. De toda a Família Campinense Clube que conseguiu elevar o Maior da Paraíba ao status de Maior do Nordeste.



Ficha Técnica

Estádio O Amigão - Campina Grande/PB

Finais da Copa do Nordeste 2013 - Campinense 2 x 0 ASA de Arapiraca

Arbitragem: Jailson Macêdo Freitas (ASP. FIFA - Bahia).

Auxiliares: Thiago Gomes Brigido (ASP. FIFA - Ceará) e Izac Marcio da Silva Oliveira (CBF-1 - Rio Grande do Norte).

Campinense: Pantera, Tiago Granja, Roberto Dias, Edvânio, Anderson Rosa, Panda (Danilo Portugal), Glaybson, Dedé, Bismarck (Ricardo Maranhão), Zé Paulo (Andrezinho), Jeferson Maranhense.

Técnico: Oliveira Canindé

ASA de Arapiraca: Gilson, Osmar (Kessi), Edson Veneno (Rafael Pedro), Fabiano, Jorginho, Chiquinho Baiano, Cal, Wanderson, Léo Gamalho, Didira, Thallyson (Pedro Silva).

Técnico: Leandro Campos

Cartões amarelos: Edson Veneno, Fabiano e Rafael Pedro para o ASA de Arapiraca.

Cartões vermelhos: Fabiano para o ASA de Arapiraca.

Gols: Ricardo Maranhão e Jeferson Maranhense para o Campinense;

Público: 19.650

Fonte: www.campinenseclube.net

segunda-feira, 18 de março de 2013

3 derrotas seguidas e XAU!

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira, juntamente com o presidente José Porfírio, foi decidido pelo meu desligamento do comando técnico do Porto-PE para a sequência da temporada. Confira abaixo:

Gostaria de agradecer a confiança e a oportunidade que me foi proporcionada de tentar ajudar o Porto a reverter a situação complicada que o clube se encontrava quando aqui cheguei.

Tivemos um excelente início de trabalho, chegando a ficar com seis jogos de invencibilidade, porém, nas últimas rodadas, como a derrota de ontem dentro de casa para o Pesqueira, me fizeram repensar algumas situações, o que acabou culminando com a minha saída do clube.

Mesmo assim, continuarei na torcida para que o clube consiga dar a volta por cima e conquiste os seus objetivos traçados pela diretoria para a atual temporada.

Por fim, gostaria de agradecer aos torcedores, membros da imprensa, funcionários, atletas e demais companheiros da comissão técnica, que me acolheram muito bem e me ajudaram bastante neste período em que estive no comando técnico da equipe.

Um forte abraço,

Luiz Muller

Nielson Nogueira Dias - Ô bicho ruim!


Não vamos desmerecer a vitória do Ypiranga que foi superior ao Central e pressionou a todo instante, mas vale salientar que o Árbitro Nielson, Nogueira Dias, que deveria ser discreto, acabou complicando a equipe Caruaruense e confirmando o temor da imprensa da Capital do Forró de que ele costuma complicar jogos fáceis  da mesma forma que complica os difíceis. Dois pênaltis duvidosos, jogador Centralino expulso, inversão de faltas e etc. Sem falar na cobrança desperdiçada pelo Ypiranga que ele mandou repetir, e repetiria até a Máquina de Costura marcar o gol. Tirando o resto ele só fez merda!

Rapidinhas da 7ª Rodada do #PE2013

Ypiranga 2 x 1 Central - A Máquina de Costura venceu a Patativa num jogo de muita rivalidade. Os gols da máquina foram marcados pelo meia Marcinho em cobranças de pênaltis e o da patativa foi marcado por Ítalo. O time de SCC não precisava da ajuda do árbitro Nielson Nogueira que prejudicou o Central. Com a vitória o Ypiranga entrou no G-4, com a derrota o Central agora é o lanterna do segundo turno.

Chã Grande 1 x 2 Belo Jardim - As equipes , se enfrentaram no Carneirão, em Vitória de Santo Antão. E o Calango abriu o placar ainda os 3 minutos do primeiro tempo, com Muller. Danilo empatou o jogo aos 25 minutos do segundo tempo, mas aos 52, Careca fez o gol da vitória do Belo Jardim. A partida foi paralisada aos 43 minutos da etapa complementar por falta de energia.

Salgueiro 1 x 1 Petrolina - Na noite de sábado, o Carcará tropeçou de novo em casa, no jogo que marcou a demissão do técnico Marcelo Chamusca. A fase do Salgueiro não está mesmo boa em casa. Depois de perder para o Náutico e o Chã Grande, o time empatou na noite deste sábado com o Petrolina no Cornélio de Barros. O jogo terminou 1 a 1. O Carcará marcou com Elvis,  e a Fera Sertaneja empatou com Rogério Rios.

Serra Talhada 1 x 1 Santa Cruz - As duas equipes entraram em campo em busca de recuperação, já que vinham de derrotas na rodada anterior. O Serra  havia perdido para o Central, em Caruaru, enquanto que o Santa foi surpreendido pelo Chã Grande em pleno Arruda. Ao longo do jogo, o Serra Talhada criou as melhores oportunidades no primeiro tempo e abriu o placar aos 26 minutos, em uma cobrança de falta de Alex. O Santa Cruz empatou aos 19 minutos da etapa complementar, com Flávio Caça-Rato.

Porto 3 x 4 Pesqueira - O Jonathan "Balotelli do Interior" fez a diferença num jogo de 7 gols em Caruaru. Tudo parecia tranquilo para o Gavião quando entrou em campo no segundo tempo vencendo por 3 x 1. Esperava-se que o tricolor do agreste sacramentasse a goleada, mas foi a Águia quem virou o jogo pra surpresa de todos e com 1 jogador a menos. Time que tá ganhando e fica tocando de lado tem que se lascar mesmo!

Sport 2 x 1 Náutico - Apesar de ser um Clássico, todos esperavam uma vitória maiúscula do Náutico na Ilha, já que o Sport ainda não encaixou este ano. Todo mundo perdeu dinheiro em apostas. O Sport venceu, jogou melhor e podia ter feito mais. O Timbú foi anulado pela marcação do time Leonino e por fim coube ao presidente do Náutico a tradicional choradeira reclamando da arbitragem que ele mesmo exigiu. Cabrinha fraco!

Embolou tudo porque o lanterna só está a 4 pontos do G4!

domingo, 17 de março de 2013

Hoje é dia da Grande Final do NORDESTÃO

Chegou a hora mais esperada do ano para os torcedores do Campinense, da Paraíba e do ASA, de Alagoas. Neste domingo, às 16h, no Estádio Amigão, em Campinas Grande, as duas equipes protagonizam a grande final da Copa do Nordeste 2013. No primeiro jogo, disputado em Arapiraca, o Campinense surpreendeu os donos da casa e venceram por 2 a 1. O gol de honra, marcado no final da partida, motiva o ASA acreditar na virada.

Pelo lado dos donos da casa, Campinense, os jogadores terão um importante aliado para a final. Logo nas primeiras horas de venda de ingressos, a torcida Rubro-Negra formou uma longa fila na frente da secretaria do clube. A expectativa é de que o estádio esteja completamente lotado, com cerca de 20 mil torcedores, sendo mil destinado aos visitantes.

Para a partida, o Campinense promete esquecer a vantagem e ir pra cima do Asa. Com a vitória por 2 a 1, fora de casa, no primeiro jogo, o Rubro-Negro pode até perder por 1 a 0 que ainda assim será campeão. O treinador Oliveira Canindé não tem nenhum desfalque e vai poder utilizar força máxima diante do ASA.

ASA com dúvida na frente
O Asa viajou neste sexta-feira para Campina Grande e leva na bagagem uma dúvida. O técnico Leandro Campos quebra a cabeça para definir quem vai pro jogo entre os atacantes Rodrigo Dantas e Wanderson. O treinador deve divulgar o time apenas momentos antes do início da partida.

O mais provável é que Wanderson seja o titular, por ter sido o autor do gol alvinegro na primeira partida da final. Com ele, a equipe ficaria mais rápida, enquanto que com Rodrigo Dantas, o time ganharia uma referência na área.

O ASA precisa vencer o Campinense por dois gols de diferença ou marcar três ou mais vezes para levantar o caneco. Caso o Alvinegro vença por 2 a 1, o título vai ser decidido nas cobranças de pênalti.

Confira o jogo decisivo da Copa do Nordeste:


Domingo - 16h
Campinense (2) x ASA (1)

CLÁSSICO NO INTERIOR

A maior rivalidade do interior no momento. Pelo histórico das cidades no polo de confecções, na política e no desenvolvimento. No futebol não é diferente, na verdade as torcidas não param de trocar farpas, mesmo sem nunca disputarem um título importante, mesmo sem apresentar grandes públicos, esta é hoje a RIVALIDADE mais ferrenha do interior de Pernambuco.


Ypiranga conta com a vantagem de jogar em casa para tentar repetir a boa atuação que teve no último jogo, desta vez agora com o apoio da sua torcida . Na retrospectiva da Máquina de Costura, o time tem até o momento dois empates, duas vitórias e duas derrotas.

O Central também venceu na última rodada, mas não fez um bom jogo, ficando a maioria do tempo atrás do Serra Talhada. O time chega a Santa Cruz do Capibaribe com uma nova chance de tentar fazer uma boa partida. Até agora a Patativa tem três derrotas, duas vitórias e um empate, sendo o nono colocado.

O jogo que está marcado para este domingo(17), acontece no estádio Otávio Limeira, ás 16h.A arbitragem para a partida já foi definida. Nielson Nogueira Dias será o árbitro e terá como assistentes Elan Vieira e Marlon Rafael.

sexta-feira, 15 de março de 2013

Rapidinhas da 6ª Rodada do #PE2013

Belo Jardim 2 x 1 Ypiranga - Danilo abriu o placar para a Máquina de Costura e Júnior Maranhão e Alenilson viraram para o Calango. Os donos da casa foram a cinco pontos e deixaram a lanterna para o Pesqueira. Os visitantes estão em quinto com oito pontos.

Central 2 x 1 Serra Talhada - O primeiro gol dos donos da casa foi marcado aos nove minutos do primeiro tempo com André Nunes, de pênalti. Na etapa complementar, Alisson empatou para os visitantes e Jorge Luis voltou a colocar o alvinegro agrestino na frente do placar. Com a vitória, a Patativa foi a sete pontos e segue na parte intermediária da tabela.

Pesqueira 0 x 1 Salgueiro - Em Garanhuns, no primeiro tempo as equipes apresentaram um futebol bastante sofrível. Os times deixaram o campo sem dar um chute a gol. No segundo tempo no entanto, em sete minutos Júlio Estevam marcou e fez 1 a 0 para o Salgueiro em cima do Pesqueira. A Águia do Agreste ainda perdeu um pênalti.

Santa Cruz 0 x 1 Chã Grande - O Chã Grande ignorou o fato de jogar no estádio do Arruda e frustrou os planos dos donos da casa de ficarem colados na ponta da tabela. Lembrem-se que a Raposa também venceu o Salgueiro no Cornélio de Barros e faz um bom 2º turno. O gol do Chã Grande foi marcado por Jhulliam, aos 38 minutos do primeiro tempo, de pênalti. e passou mais da metade do 2º tempo com um jogador a menos.

Petrolina 0 x 0 Sport - Num jogo chamado de "novo apagão do Sport" pela imprensa, deu pra perceber que no 1º tempo o Petrolina sufocou o Sport enquanto que no 2º tempo o Sport procurou mais a meta do goleiro da Fera Sertaneja que fez grandes defesas. Empate bom pra os Sertanejos e normal pelo que vem jogando o Leão.


Náutico 3 x 0 Porto - Depois de levar um sacode do Sport no domingo o Porto sofre com o Náutico nos Aflitos onde já é rotina a média de 3 gols por jogo. O ataque do Timbú funciona como sempre e segue como time a ser batido no Campeonato. Já o Gavião deve considerar normal essas duas últimas derrotas e partir para uma recuperação a partir de agora.

quinta-feira, 14 de março de 2013

Edson Leivinha é o novo treinador do CENTRAL

Edson Leivinha volta ao comando do Central após seis anos. A única passagem do treinador pela patativa foi no final do PE de 2007.

Na época, Mauricio Simões trocou o alvinegro pelo Pirambu-SE. E Leivinha chegou para comandar o alvinegro nas últimas quatro rodadas do estadual.
No final foi só alegria. A patativa ficou com o vice-campeonato do Campeonato Pernambucano daquele ano. Isto mostra que o treinador teve sorte no comando alvinegro. Quem sabe a sorte não está de volta.

Fonte: Girodosesportes.com.br

#oNordesteMerece um jogo quente na Final

Na entrevista coletiva, após a derrota por 2 x 1 para o Campinense, no primeiro jogo da decisão da Copa do Nordeste, o técnico Leandro Campos lamentou o resultado.

Porém, deixou claro que mantém a esperança de conquistar o título da competição e o gol marcado pelo atacante Wanderson deu novo âenimo ao grupo. " Precisamos ter muita ponderação para analisarmos o jogo.

De todos os times que enfrentamos nessa Copa Nordeste, o Campinense foi o que nos ofereceu um maior grau de dificuldade", disse Leandro Campos.

O comandante alvinegro admitiu que o setor de marcação não funcionou da maneira esperada e, diante disso, a equipe arapiraquense não conseguiu conter alguns jogadores importantes do Campinense.

Para o próximo jogo, domingo (17), o time terá a semana de preparação e Leandro Campos mandou um recado direto: "aquele que não acreditar na possibilidade de conquista da Copa Nordeste pode ficar em Arapiraca". A declaração foi uma alusão a conversa que teve com os jogadores no vestiário, logo após o jogo.

Apagão em Belo Jardim

Estava tudo pronto para a bola rolar nesta quarta-feira (13), entre Belo Jardim x Ypiranga no estádio Sesc-Mendonção em Belo Jardim, até que os refletores de uma torre, acabaram pegando fogo. Profissionais da Celpe tentaram resolver a questão, porém, através de um laudo, os técnicos informaram que não teriam condições de resolver o problema ainda esta noite.


O jogo foi adiado para amanhã, às 20h.

Michell Santana - Panorama Esportivo PE

quarta-feira, 13 de março de 2013

INTERCÂMBIO NA ARBITRAGEM ESTADUAL no #PE2013

FPF implementa convênio visando troca de experiências entre árbitros. O árbitro FIFA Francisco Carlos Nascimento apita partida Santa Cruz e Central na segunda-feira (11).


O intercâmbio articulado pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF) planeja aprimorar o trabalho dos árbitros e assistentes através da troca de informações sobre os métodos de treinamento realizados por cada comissão. As comissões estaduais de Pernambuco, Bahia, Goiás e Alagoas são as primeiras a integrarem esta iniciativa. O intercâmbio deve possibilitar a presença de juízes experientes nos jogos do estadual. O goiano Wilton Sampaio, da FIFA, vai ser um dos árbitros a concorrer nos sorteios para partidas do Pernambucano.

O árbitro Gilberto Castro Jr. será o primeiro do quadro pernambucano a participar do intercâmbio. O juiz apita a partida Corinthians x CRB, neste sábado (09), às 15h15. A prática adotada pelas comissões continuará sendo usada nas próximas rodadas do Pernambucano Coca-Cola 2013. O presidente da CEAF-PE, Erich Bandeira, frisou a importância do intercâmbio. “O projeto de Evandro Carvalho é significativo para elevar a qualidade da arbitragem nacional. Visamos a neutralidade do árbitro, independente do estado no qual ele apita”, finalizou.

CENTRAL dispensa técnico

A Diretoria e a Gerência de futebol do Central informam que o técnico Ricardo Oliveira não comanda mais o elenco alvinegro. Ele não resistiu a derrota de ontem para o Santa Cruz por 2x1. A equipe faz uma péssima campanha no segundo turno e segue na vice-lanterna da competição, com apenas quatro pontos ganhos. Na apresentação hoje a tarde o trabalhos serão comandados pelo auxiliar Fabiano Lima. Em breve será apresentado o nome do novo técnico do clube.


REFORÇO – Em meio a demissão do técnico, o Central Sport Club anunciou a contratação do Zagueiro Alemão, 21 anos ex-Porto e Guarani de Sobral.


Fonte: http://blogdomarioflavio.com.br

CERIMÔNIA DE GALA DO PRÊMIO LAUREUS, O “OSCAR DO ESPORTE”.



NESSA SEGUNDA-NESSA SEGUNDA-FEIRA, 11 DE MARÇO, ACONTECEU PELA PRIMEIRA VEZ NO BRASIL A CERIMÔNIA DE GALA DO PRÊMIO LAUREUS, O “OSCAR DO ESPORTE”. O EVENTO FOI APRESENTADO PELO ATOR HOLLYWOODIANO MORGAN FREEMAN, NO THEATRO MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO. COTADO COMO O BRASILEIRO FAVORITO, NEYMAR NÃO GANHOU NENHUM TROFÉU. A SURPRESA DA NOITE FOI A ESCOLHA DO NADADOR DANIEL DIAS.


Daniel Dias ganhou o prêmio de Melhor Atleta com Deficiência de 2012. Os atores Fernanda Lima e Cauã Reymond apresentaram os concorrentes da categoria. O nadador paralímpico foi o único brasileiro a receber um troféu na noite de premiações. Daniel é Atleta de Cristo e membro da Igreja Presbiteriana.

Com a vitória, Daniel é o primeiro brasileiro a ter dois troféus da Academia. Nos Jogos de Londres, no ano passado, Daniel Dias conquistou seis medalhas de ouro e bateu seis recordes olímpicos. O prêmio seria entregue por Emerson Fittipaldi, que não compareceu devido à morte de seu pai.

“Graças a Deus deu tudo certo e subi no palco na minha casa, no Brasil. Estou extremamente feliz e tenho que agradecer muito a Deus mesmo”, discursou Daniel no agradecimento.

É a segunda vez que ele conquista o prêmio, ganho primeiramente em 2009. Essa é a primeira ocasião que ele recebeu o troféu no palco, já quem em 2009 não houve cerimônia por causa da crise econômica mundial. Em 2008, ele também foi um dos indicados para o prêmio Laureus, mas não foi o escolhido. Até então, apenas os brasileiros Pelé, Ronaldo Fenômeno e Bob Burnquist haviam conquistado títulos.

Na mesma categoria de melhor esportista com deficiência concorriam o brasileiro Alan Fonteneles (Atletismo), o canadense Patrick Anderson (Basquete em Cadeira de Rodas), Johanna Benson (Atletismo), pela Namíbia, David Weir (corrida em Cadeira de Rodas pela Grã-Bretanha) e o italiano Alex Zanardi (Ciclismo).

Na festa também ganharam prêmios Usain Bolt e Michael Phelps. O jamaicano Bolt foi escolhido como melhor atleta de 2012, porém não compareceu na cerimônia. Phelps recebeu um prêmio especial por suas conquistas no esporte.

Fonte: portugues.christianpost.com / presentiaonline

terça-feira, 12 de março de 2013

Na maciota - Santa Cruz 2x0 Central.

Jogando na esperança de reverter a sua péssima situação no Campeonato Pernambucano, o Central Sport Club não deu trabalho e foi facilmente vencido pelo Santa Cruz por 2 a 0, na noite desta Segunda-Feira, 11, no estádio do Arruda. O jogo foi válido pela 5º rodada do segundo turno. Os gols da equipe da casa foram marcados por Jefferson Maranhense, ainda no primeiro tempo. O alvinegro agora é vice-lanterna, com apenas 4 (quatro) pontos conquistados.

O JOGO - A patativa foi fraca e quase inofensiva durante toda primeira etapa. Com os jogadores perdidos dentro de campo, a chance mais clara do glorioso esteve nos pés de André Nunes, aos 15 minutos. Tallys acerta um grande lançamento para Tavares, que ajeita de cabeça, e entrega para Nunes bater forte de primeira, obrigando Tiago Cardoso se esticar para fazer a defesa. Antes disso, apenas um chute de fora da área com Luiz Fernando, sem direção.

Por outro lado a equipe tricolor botou literalmente o Central na roda. Já aos 7 minutos a primeira grande chance. O volante Luciano Sorriso começa ensaiar o que faria durante toda primeira etapa, e acerta um grande passe para Danilo Santos. O atacante dar de casquinha e Dênis Marques conclui a jogada de voleio, por muito pouco não acertando o gol.

De tanto jogar mal e ter uma defesa lenta, o alvinegro sentiu aos 18 minutos. Luciano Sorriso lança para Jefferson Maranhão, e em quanto os zagueiros alvinegros tenta fazer a linha de impedimento, o meia fica cara á cara com Rodrigo. Dênis Marques que acompanhou o lance ao seu lado espera o passe, mas o atleta dá um toque sutil para tirar Rodrigão da jogada e marcar o primeiro gol.

A patativa responde aos 29 minutos. Em uma das poucas brechas do Santa Cruz, Tiago Araújo avança livre pelo setor direito de ataque e tenta o chute, sem sucesso. Com o Central errando bastante o passe, principalmente com o volante Cleber, o Santa se lançou mais ao jogo e em um desses lances, sofre uma falta no setor esquerdo.

Jefferson Maranhão levanta na área, a zaga alvinegra bate cabeça e Rodrigão sai mal. Resultado, a bola vai morrer nos fundos da rede do paredão alvinegro. Santa 2 a 0 Central. Aos 43 minutos o alvinegro ainda teve mais uma oportunidade. Tallys acerta outro belo lançamento para Tiago Araújo, mas o lateral da patativa novamente peca na finalização final.

Não podemos deixar de comentar a atitude covarde do técnico Ricardo Oliveira, que após o segundo gol tomado botou mais um zagueiro, com medo da goleada. Sim, isso mesmo! O próprio treinador informou este motivo da substituição ao fim do jogo.

SEGUNDO TEMPO - Voltando mais ousado depois do intervalo, e com o meia Jorge Luiz em campo, a patativa até que criou mais durante os 10 minutos iniciais. Sempre com Tallys tentando seus passes de longa distância, Tiago Araújo com arrancadas pelo setor direito, e Jorge Luiz do lado esquerdo de ataque tentando aprimorar o passe final.
O Santa demorou criar uma boa jogada, mas em um lance de inteligência de Dênis Marques, por pouco o tricolor não faz o terceiro. Após o atacante dar um corta luz, o atacante Danilo Santos seguiu com velocidade até ficar livre com Rodrigão. Tendo bastante espaço para o chute, o jogador preferiu o passe para Dênis, que foi interceptado no momento exato com a chegada do capitão alvinegro Ítalo.

O meia Jorge Luiz fez a patativa chegar aos 20 minutos. Após o volante tricolor Luciano Sorriso falhar no meio-campo, a bola cai nos pés de Tallys. O maestro da patativa lança Jorge Luiz pelo setor esquerdo, que recebe e levanta na área. Quem estava para tentar de peixinho era André Nunes, mas o atacante alvinegro perdeu o tempo da bola.

Após este lance da patativa, o Santa dominou os 15 minutos seguintes. Boa chegada com Willian Alves tentando de cabeça, aos 28. Everton Heleno chutando forte na rede pelo lado de fora, dois minutos depois, Léo experimentando também de fora da área, e Dênis Marques em cobrança de falta aos 33. E novamente o Santa. Em dois lances o tricolor rouba a bola no meio-campo da patativa, Dênis Marques é lançado para disputar na corrida com Rodrigão, mas o goleiro alvinegro sai melhor no lance e garante a redonda.

Apático em campo, e covarde como o técnico Ricardo Oliveira, o alvinegro só se lançou ao ataque aos 38 minutos, esse sendo o melhor lance do glorioso na segunda etapa. Tallys cruza na medida para André Nunes, que cabeceia com perigo e Tiago Cardoso manda para escanteio. Novamente Nunes aos 44, mas ao invés de entregar a bola para Andrezinho que ia avançar livre e sair de frente com Tiago Cardoso, o atacante alvinegro é fominha e chuta fraquinho sem direção ao gol.

Próximo ao fim do jogo o Santa teve outra chance de transformar em goleada. Tiago Costa passa como quer por Fernando Pires e Gustavo, entra dentro da área e chuta cruzado, levando perigo para Rodrigão. Fim de jogo, e Santa Cruz sem precisar fazer muito esforço 2, Central medroso 0.

Fonte: movimentoca.blogspot.com.br

segunda-feira, 11 de março de 2013

#oNordesteMerece - ASA 1 x 2 Campinense

Em partida válida pelas finais da Copa do Nordeste 2013, o Campinense venceu o ASA pelo placar de dois a um no Estádio Fumeirão, em Arapiraca.

Logo aos cinco minutos de jogo a Raposa mostrou suas garras quando Tiago Granja recebeu passe de Bismarck e chutou no canto esquerdo abrindo o placar a favor do Campinense.
Com o gol, a equipe Cartola tomou mais gosto pela partida e ainda teve uma grande chance em chutes seguidos de Zé Paulo e Tiago Granja, mas o goleiro Gilson estava esperto e conseguiu salvar o Fantasma das Alagoas.
Já para o ASA, as melhores chances no primeiro tempo vieram no final com duas bolas na trave, mas etapa inicial terminou com o placar de um a zero.

Para o segundo tempo, as duas equipes voltaram sem nenhuma modificação e o Campinense demonstrava o mesmo entusiasmo. Aos quatorze minutos, o segundo gol da Raposa nasceu com jogada iniciada por Glaybson, que encontrou Zé Paulo. O meia-atacante recebeu, driblou o goleiro e a bola sobrou para Jeferson Maranhense que só teve o trabalho de empurrar para o fundo da meta do alvinegra.
A resposta do ASA veio no último lande da partida, quando Uanderson recebeu e chutou no canto direito de Pantera diminuindo a vantagem Rubro-Negra.

A decisão da Copa do Nordeste 2013 acontece no próximo domingo, 17/03, no Estádio O Amigão em Campina Grande.

Ficha Técnica

Estádio Fumeirão - Arapiraca/AL
Finais da Copa do Nordeste 2013 - ASA de Arapiraca 1 x 2 Campinense
Arbitragem: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (CBF-1 - Rio Grande do Norte)
Auxiliares: Cleriston Clay Barreto Rios (ASP. FIFA - Sergipe) e Clovis Amaral da Silva (CBF-1 - Pernambuco)

Campinense: Pantera, Tiago Granja (Edimar), Roberto Dias, Edvânio, Anderson Rosa, Panda (Danilo Portugal), Glaybson, Dedé, Bismarck (Willian), Zé Paulo, Jeferson Maranhense.
Técnico: Oliveira Canindé

ASA de Arapiraca: Gilson, Osmar, Tiago Garça, Edson Veneno, Cal, Fabiano (Pedro Silva), Jorginho (Pedro Silva), Jorginho, Léo Gamalho, Didira, Rodrigo Dantas (Uanderson).
Técnico: Leandro Campos

Cartões amarelos: Zé Paulo, Robert Dias, Edimar e Tiago Granja para o Campinense; Osmar, Edson Veneno, Cal e Uanderson para o ASA de Arapiraca.
Gols: Tiago Granja e Jeferson Maranhense para o Campinense; Uanderson para o ASA de Arapiraca.

Fonte: www.campinenseclube.net

Rapidinhas da 6 Rodada do 2º Turno do #PE2013

Salgueiro 2 x 1 Chã Grande - Salgueiro foi batido pelo Chã Grande por 2 a 1. O Carcará até saiu na frente com um gol contra marcado por Felipe Mariano, aos 30 minutos do 1º tempo. A virada veio no final da etapa complementar. Jayme marcou aos 41 e Julian aos 46 minutos. O Cornélio de Barros está abalado como a confiança do Salgueiro.

Petrolina 1 x 0 Pesqueira - Em Petrolina o jogo não foi dos melhores. O dono da casa não conseguiu emplacar no jogo. Ficou atrás do Pesqueira a maioria do tempo. O Pesqueira também não fez uma das suas melhores partidas. O jogo foi muito fraco no sertão. Só nos acréscimos a Fera Sertaneja marcou e conquistou a vitória. Placar do jogo: Petrolina 1 x 0 Pesqueira.

Ypiranga 2 x 1 Serra Talhada - Só no segundo tempo as coisas começaram a esquentar. E foi assim que o Ypiranga garantiu a vitória por 2 a 1, de virada, sobre o Serra Talhada.Só na metade do primeiro tempo foi que o jogo começou a ter uma movimentação maior. O Serra teve um pênalti ao seu favor. Enercino foi cobrar e abriu o placar no Limeirão. Mas a Máquina de Costura foi para cima buscar o empate, mas desperdiçou muitas chances de gol.

Náutico 3 x 0 Belo Jardim - A máquina de gols alvirrubra deu sinais de que iria falhar. Pura ilusão. Em um jogo para lá de sonolento, o Náutico conseguiu aplicar uma goleada de 3 a 0 sobre o Belo Jardim, nos Aflitos. As redes balançaram, como de costume, após chutes do artilheiro Élton e de Rogério. Assim como o Náutico, o Calango também mantém a escrita: Dá trabalho, e por não fazer gols acaba se lascando no final!

Sport 2 x 0 Porto - O Sport, mais uma vez com um público fraco na Ilha do Retiro recebe o embalado time do Porto que faz um ótimo 2º turno, o problema é que o Gavião não teve a sorte dos demais oponentes que enfrentaram um Sport fraco em seus domínios. O Leão se impôs e mesmo não jogando um futebol de encher os olhos venceu o Porto por 2 x 0, inclusive com um gol de Cicinho que tava na seca.

Santa Cruz x Central - Segunda-feira no Arruda.