terça-feira, 31 de dezembro de 2013

CARCARÁ segue imbatível no PE 2013/2014

O Salgueiro venceu a quarta partida seguida no Campeonato Pernambucano Coca-Cola 2014 e disparou na liderança. Neste domingo (29), o Carcará visitou o Pesqueira no Estádio Joaquim de Brito e venceu por 4x2. Os gols dos sertanejos foram marcados por Kanu, Anderson Paraíba e Fabrício Ceará (2). Dada e Elton descontaram para a Águia.

Com a quarta vitória seguida e a manutenção da invencibilidade, o Salgueiro chegou aos 16 pontos e abriu cinco pontos de vantagem para o segundo lugar, o Central, que tem 11. Já o Pesqueira está no sétimo lugar, com seis pontos.

O Carcará abriu o placar logo aos 12 minutos, com Kanu. Não demorou muito e o Salgueiro ampliou aos 20, com Anderson Paraíba. Dois minutos depois, o Pesqueira reagiu e diminuiu com Dada.

No segundo tempo, Fabrício Ceará fez 3x1 aos 20 minutos. Os donos da casa fizeram 3x2, com Elton, aos 24. Contudo, o Salgueiro se mostrou um visitante ingrato e fez 4x2 aos 32, novamente com Fabrício Ceará.

Na próxima rodada, o Salgueiro recebe o Serra Talhada e o Pesqueira visita o Porto.



Fonte: FPF

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Clubes nordestinos com mais sócios-torcedores

Os clubes do Nordeste passaram a ter uma renda muito maior desde que passaram a investir em planos de sócio-torcedor. Confira o ranking dos times com mais sucesso nessa área!

1º: Santa Cruz - 12.976 sócios
2º: Sport - 11.576 sócios
3: Ceará - 8.560 sócios
4º: Vitória - 6.255 sócios
5º: Fortaleza - 4.416 sócios
6º: Náutico - 3.640 sócios
7º: Bahia - 3.240 sócios
8º: Ferroviário - 3.030 sócios



Fonte: esporteinterativo.com


Estamos de volta


Flamengo e Bahia foram dois dos times brasileiros que mais ampliaram os quadros de sócio-torcedor no terceiro trimestre deste ano (julho, agosto e setembro)

O ranking divulgado pela Brahma mantém a supremacia do Internacional, desde o início líder do movimento, agora com 109.681 sócios. O “Movimento Por um Futebol Melhor” reúne hoje 34 clubes e um total de 630.783 sócios.

O Grêmio se manteve em segundo lugar, com 73.962, seguido pelo Santos, em terceiro, com 53.636 associados. A boa campanha na Série B e as seguidas ações de marketing do Palmeiras garantiram o clube em sétimo com 38.305 (um salto de 43,4%).

Em quinto lugar figura o Corinthians, que agora soma 45.101 torcedores. O clube do Parque São Jorge não foi o único que amargou perdas. O Vasco (-10,1%), o rebaixado Náutico e a Portuguesa também sofreram baixas. O Timão experimentou uma perda de 5,8%, o equivalente a menos 3.950 associados.

Clubes divulgam valores diferentes

O ranking de sócios-torcedores divulgados pela Brahma gera contestação dos clubes. Da mesma forma que reclamam quando saem as pesquisas de torcedores, quase todos que possuem um número maior de sócios-torcedores.
O critério da Brahma é contar os CPFs dos sócios que estão com o pagamento ao clube está em dia.
O Corinthians aceita vários torcedores no mesmo CPF, com os dependentes pagando menos. Segundo o clube, são 60 mil adimplentes, 33% a mais do que o computado pelo ranking do Movimento.
No Vasco, se diz que os inadimplentes representam 10.260, mas esses deveriam ser contados porque têm os mesmos benefícios de quem paga (13.731). Para efeito de desconto em compras, não têm, porque são excluídos.
No Botafogo, a situação é inversa. O clube reconhece apenas 9 mil sócios torcedores, contra os 11.190 apontados pelo Movimento.

Fonte: Lancenet

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Felipão convoca 20 jogadores

O técnico Luiz Felipe Scolari juntamente com sua comissão técnica, convocou na manhã desta terça-feira, 20 jogadores para o jogo amistoso contra a Suíça. A partida será realizada no dia 14 de agosto, na cidade de Basiléia, mais precisamente no Estádio St. Jakob-Park, onde são realizados os jogos do FC Basel.

Esta é a primeira convocação após o título da Copa das Confederações. A única novidade é o lateral esquerdo Maxwell do Paris Saint Germani-FRA.



Confira a lista:

Goleiros:

Julio Cesar - Queens Park Rangers

Jefferson - Botafogo

Zagueiros:

Thiago Silva - Paris Saint-Germain

David Luiz - Chelsea

Dante - Bayern de Munique

Laterais:

Daniel Alves - Barcelona

Jean - Fluminense

Marcelo - Real Madrid

Maxwell - Paris Saint-Germain

Meio-campo:

Fernando - Shakhtar Donetsk

Hernanes - Lazio

Luiz Gustavo - Bayern de Munique

Paulinho - Tottenham Hotspur

Meia atacantes/ atacantes:

Oscar - Chelsea

Jô - Atlético Mineiro

Lucas - Paris Saint Germain

Hulk - Zenit

Bernard - Atlético Mineiro

Fred - Fluminense

Neymar - Barcelona.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Clube Atlético do Porto completa 20 anos de história no futebol pernambucano.

HOJE, terça-feira (30), o Clube Atlético do Porto completa 20 anos de história no futebol pernambucano. O clube foi fundado, no dia 30 de julho de 1993, por José Porfírio de Oliveira.

O time caruaruense não possui muitos títulos, porém tem muito mais que isso, o Gavião do Agreste conta com uma torcida apaixonada, e tem como lema a revelação de atletas profissionais. Atletas de destaque como: Araújo, Nildo, Elicarlos Rômulo foram revelados pelo time de Caruaru. O volante Josué, atualmente no Atlético/MG, foi campeão da Copa das Confederações com a Seleção Brasileira, iniciou a carreira no Gavião do Agreste.

A história do Porto teve início quando os dirigentes resolveram montar o clube para participar das competições amadores da Liga Desportiva Caruaruense. Porém, com uma visão mais ampla sobre o futebol, foi visto que o time poderia render muito mais. Então, em 1994 o Gavião do Agreste disputou o primeiro jogo oficial, partida válida pela segunda divisão do Pernambucano. O placar do jogo foi favorável à equipe de Caruaru que venceu o Ferroviário do Recife por 6 x 0. A profissionalização do clube aconteceu no dia 08 de março de 1994.

Apesar do pouco tempo de fundação, o Porto já disputou competições importantes a nível nacional como a Copa do Brasil e a Copa do Nordeste, ambas em 1999. O time, também, disputou os Campeonatos Brasileiros da Série C e D. O Porto foi a primeira equipe do interior de Pernambuco a conquistar um vice-campeonato estadual, em 1997. No ano seguinte, o time tricolor conseguiu se destacar, novamente, no Pernambucano Série A1, conquistando, mais uma vez, o vice-campeonato da competição.

Os títulos do Porto são a Copa Pernambuco, em 1999, e o Campeonato Pernambucano da Série A2, em 2003, são as principais conquistas do clube. O Porto, também, conquistou o bicampeonato da Liga Desportiva Caruaruense, antes da profissionalização, em 1992 e 1993. Recentemente, em 2010 e 2012, o time de Caruaru conquistou o vice-campeonato da Copa Pernambuco.

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) deseja mais sucesso, e conquistas, ao Clube Atlético do Porto.

Náutico vence o Internacional por 3 a 0

Náutico deu aos quase 20 mil alvirrubros na Arena Pernambuco o que eles mais queriam: a vitória. E ela veio em grande estilo: 3x0 em cima do então líder do Campeonato Brasileiro, o Internacional. Um jogo para lavar a alma da torcida e de todo o elenco.

Os gols alvirrubros foram marcados por Derley, aos 28 minutos, com um belo chute de dentro da grande área, Maikon Leite, aos 43 e Rogério, aos 45. Com sete pontos, o Timbu volta a vencer no Brasileirão e conquista sua primeira vitória na Arena Pernambuco. Com os três pontos o Timbu sai da lanterna e pula para a 19ª colocação.

Agora, o Timbu volta a campo somente no dia sete de agosto. O adversário será o Goiás, às 21h45, no estádio Serra Dourada. Nas próximas duas rodadas o Náutico teve seus jogos adiados com São Paulo e Santos, por conta de amistosos que os times paulistas disputarão fora do Brasil.

Náutico 3x0 Internacional

Náutico: Ricardo Berna; Auremir, Jean Rolt, William Alves e Luiz Eduardo (João Filipe); Elicarlos, Derley, Tiago Real e Peña (Rodrigo Souto); Maikon Leite e Olivera (Rogério).

Internacional: Muriel; Ednei, Ronaldo Alves, Juan e Kléber; Willians, Josimar (Maike), Jorge Henrique e Alan Patrick (Dátolo); Forlán e Rafael Moura (Caio).

Campeonato Brasileiro – Série A – 9ª rodada – Gols: Derley, aos 28/2ºT, Maikon Leite, aos 43/2ºT e Rogério, aos 46/2ºT (Náutico) Cartão amarelo: Derley (Náutico) Derley (Internacional)

Sport emplaca mais uma vitória na Série B 2x0 no Oeste-SP

O uniforme novo só trouxe boas vibrações. Deu Leão de novo. É a quarta vitória consecutiva, a sexta neste Campeonato Brasileiro da Série B. O Sport bateu o Oeste-SP, nesta sexta-feira (26), na Ilha do Retiro, por 2x0. Lucas Lima e Tobi marcaram os gols da partida.

A equipe rubro-negro entrou em campo firme e não demorou para mostrar força suficiente para bater o Oeste. Aos oito minutos, Lucas Lima soltou uma bomba de fora da área e acertou a trave direita. O gol do meia se concretizou 27 minutos depois.

O Leão já havia chegado com perigo em chute de Camilo, mas o goleiro Fernando Leal defendeu. Aos 35, Marcos Aurélio tocou para Lucas Lima, o meia já dominou fintando o marcador e chutou do lado esquerdo do arqueiro adversário: 1x0.

O gol marcado por Lucas Lima veio encarrilhado com outro. Três minutos depois, o meia cruzou, Camilo já dominou de peito tocando para Tobi encher o pé e marcar o segundo do Leão: 2x0.

Sandrinho, já havia feito um bom primeiro tempo, sem erros. Mas o segundo foi excelente. Atacante improvisado na lateral-direita, o garoto mostrou a qualidade ofensiva. Tabelou, cruzou e chutou. Quase marcou o dele aos 13 minutos, quando recebeu de Felipe Azevedo e soltou uma bomba, mas mandou para fora.

Entraram Renan, Roger e Patrik Silva nos lugares de Felipe Azevedo, Sandrinho e Camilo. A vitória que já estava engatilhada se tornava mais real a cada minuto passado. O Leão tocou a bola, administrou o jogo e ratificou: na Ilha do Retiro quem manda é o Sport.

Lívio Angelim / Site Oficial Sport recife

SÉRIE D: Ypiranga reage no jogo e na tabela.

De virada: Ypiranga 2 x 1 Central

Jogando no estádio Otávio Limeira, com o apoio da sua torcida, o Ypiranga mostrou que está vivo na disputa da Série D Campeonato Brasileiro. A Máquina de Costura venceu o Central, de virada, por 2×1, passando a ser o segundo colocado do grupo A3, com sete pontos, enquanto a Patativa estacionou nos seis pontos, ficando na terceira posição.

O Central começou assustando os donos da casa, abrindo o placar ainda no início do jogo. Aos seis minutos, Felipe Almeida fez 1 a 0 no Otávio Limeira. O empate do Ypiranga saiu aos 28 minutos da primeira etapa, com Danúbio. E aos 2 minutos do segundo tempo, Dácio marcou o gol da virada da Máquina de Costura.

O Ypiranga-PE volta a campo no próximo sábado, pela 7ª rodada da Série B, para enfrentar o Potiguar de Mossoró, no Rio Grande do Norte. No domingo será a vez do Central receber o Guarany de Sobral, no Lacerdão, em Caruaru.

Salgueiro Lidera o seu grupo na Série D

Nesse domingo, no Salgueirão, em jogo válido pela sexta rodada da Série D do Campeonato Brasileiro, o Salgueiro venceu o Ypiranga do Amapá pelo placar de 2 a 0. 

Os gols foram marcados por Yerien aos 19 minutos e Canga aos 23, ambos no segundo tempo. Com esse resultado o Carcará do Sertão garante a liderança do grupo A2, com 11 pontos (3 vitórias, 2 empates e nenhuma derrota).

O Salgueiro folga na próxima rodada e só volta a campo no dia 11 de agosto onde enfrenta o Gurupi no estádio Gilberto Resende em Tocantins.

No final do jogo Salgueiro X Ypiranga, o presidente do Salgueiro, Clebel Cordeiro, anunciou a saída do lateral esquerdo Pery. O atleta vai para o Sport por empréstimo. O presidente anunciou também o retorno do zagueiro Alemão e do volante Josa, ambos emprestados ao Náutico, ao Salgueiro.

Santa Cruz decepciona e perde por 2 x 0 para o Baraúnas

O Baraunas veio com tudo pra cima do Sana Cruz e conseguiu sair com o resultado inesperado para eles próprios.

Jogando no Arruda, contra o Santa Cruz, venceram por 2x0 apos levar 6x2 do Cuiabá em casa.

Destaque para Radâmes que marcou os dois gols e ainda teve outras chances que foram evitadas por Thiago Cardoso.

Já o Santa, deixou as 21.000 pessoas tristes, vendo um time irreconhecível e com pouca fome de gol, o time continua com dez pontos na 7ª colocação.

Sobrando, o VITÓRIA é Campeão Pernambucano de Futebol Feminino 2013


Em partida eletrizante o Vitória bateu o Sport por 4×1, no estádio Carneirão, em Vitória de Santo Antão, na tarde deste domingo (29), e levantou a taça de campeão pernambucano pela quarta vez consecutiva, reafirmando a hegemonia tricolor. Carol Baiana, duas vezes, Juliana e Lili Bala marcaram para o Vitória. Duda, ex-Vitória, descontou para o Sport. Este ano a final foi realizada em jogo único.

O tetracampeonato tricolor foi conquistado sem grandes estrelas em campo e com desfalques importantes. Joice e Dani, goleira da Seleção ficaram fora da final.

Dentro de campo o Vitória da goleira Sara e da treinadora Aline Pelegrino foi um time operário e de muita personalidade. Aos dois minutos de jogo, Carol Baiana abriu o placar numa jogada plástica. A atacante recebeu de costas para o gol, matou no peito e virou chutando, acertando o ângulo do gol rubro-negro, ao mesmo tempo que se livrava da marcação. Um golaço que levantou fez o Carneirão tremer.

O Tricolor poderia ter aumentado aos oito mintuos com Carol Baiana num lance identico ao primeiro gol. A atacante recebeu dentro da area e virou chutando, mas a bola passou rente a trave. Depois disso o jogo ficou equilibrado e aos 28 mintuos a atacante Duda chutou da intemediária pegando a goleira Sara adiantada. O gol animou a equipe do Sport e colocou as rubro-negras outra vez no jogo.

Mas aos 33 Juliana que ainda não tinha aparecido na partida recebeu no meio campo e partiu em velocidade, invadiu a área e bateu rasteiro cruzado, acertando o canto esquerdo da goleira Irmã. Ogol incediou o jogo e levantou a torcida tricolor. A decisão do Pernambucano Feminino, neste momento já figurava como a melhor partida já disputada entre Vitória e Sport em finais de estadual.

O Tricolor foi para o vestiário vencendo por 2×1. Na volta Aline Pelegrino sacou a lateral Luciana e mandou a campo mais uma atacante: Lili Bala. Nao demorou muito para o Vitória mostrar outra vez o seu poder ofensivo. Aos 6 minutos Carol Baiana voltou a balançar a rede, chegando ao seu trigésimo sexto gol na competição. Uma média de qutro gols por partida. Ao final a artilheira afirmou que os resultados e a convocação para Seleção Brasileira é consequência desse ritmo de trabalho desenvolvido dia a dia no clube.

Para fechar o placar Lili Bala entrou em ação. A atacante recebeu no meio de campo, partiu em velocidade deixando a zaga do Sport para trás e bateu por cobertura na saída da goleira, fazendo Vitória 4×1 Sport.

A quarta estrela do Vitória vem acompanhada de números expressivos. Defesa menos vazada com apenas quatro gols sofridos, o Vitória teve o ataque mais positivo do Pernambucano com 107 gols marcados. Carol Baiana , Juliana e Lili Bala marcaram 73 gols, sendo 36 de Carol, 26 de Juliana e 11 de Lili Bala.

Em agosto o Vitória representa Pernambuco no primeiro Campeonato Brasileiro promovido pela CBF.


Site Oficial do Vitória das Tabocas

Benítez, Jogador da seleção do Equador morre aos 27 anos.

O jogador da seleção equatoriana Christian Benítez morreu aos 27 anos, informou o clube dele, o El Jaish, do Catar, nesta segunda-feira, em meio a reportagens conflitantes sobre a causa da morte.

Benítez, que tem 58 jogos pela seleção do Equador, era filho de Ermen Benítez, um dos maiores artilheiro de todos os tempos da seleção equatoriana.

O El Jaish, que contratou Benítez há apenas três semanas, confirmou a morte do jogador em seu site oficial.

Algumas reportagens disseram que ele morreu num acidente de carro e outras afirmaram que o jogador sofreu um ataque cardíaco após um treinamento.

"O clube gostaria de oferecer suas sinceras condolências à família do jogador", disse o El Jaish em comunicado. "Benítez havia recentemente ingressado no clube, vindo do Club América (do México), por três temporadas."

"O jogador atuou pela primeira vez com o time durante o jogo de ontem contra o Qatar Sports Club, pela Copa Xeique Jassem, sem ter reclamado de qualquer problema de saúde."

Benítez disputou a temporada 2009-10 emprestado no Birmingham City, da primeira divisão do Campeonato Inglês. O jogador, conhecido como "Chucho", marcou quatro gols em 36 partidas durante sua passagem pelo time inglês.

(Reportagem de Mike Collett)

sexta-feira, 26 de julho de 2013

SÉRIE A2, vai começar o "muido"!

A rodada de abertura da vigésima edição do Campeonato Pernambucano da Série A2 está marcada para o dia 14 de agosto. 

A fase inicial da Série A2 2013 será dividida em três grupos. O grupo A é formado por Altinho, Araripina, Flamengo, Sete de Setembro e Serrano. No grupo B estão Cabense, Centro Limoeirense, Vera Cruz, Vitória e Timbaúba. América, Ferroviário, Íbis, Jaguar e Olinda estarão na chave C.


O campeonato terá a abertura com os confrontos entre:

Araripina x Altinho;
Sete de Setembro x Flamengo;
Vitória x Centro Limoeirense;
Cabense x Timbaúba;
América x Jaguar;
Olinda x Íbis

Serrano, Vera Cruz e Ferroviário vão estrear na segunda rodada.

O sistema de disputa será com jogos de ida e volta na primeira fase, os quatro primeiros colocados de cada grupo avançam para a fase seguinte. Na segunda etapa, os clubes serão distribuídos em dois grupos com seis times cada. Os quatro primeiros colocados garantem a passagem para as quartas de final da competição. Campeão e vice garantem vaga na elite Estadual em 2014.

Os clubes de Altinho (estreante no torneio), Olinda e Jaguar lutam para conquistar a primeira participação no Pernambucano Série A1. Flamengo, Sete de Setembro e Vitória – além do acesso – vão em busca do bicampeonato da competição. O Vera Cruz de Vitória de Santo Antão pode tornar-se o inédito tricampeão do Pernambucano Série A2.

**Se tornará Real se a justiça não conceder o direito de disputa ao Afogadense)**

Fonte: FPF

La vem Bronca: Time do Afogadense participará da A2? "A justiça decide"

O treinador do Afogadense, Cleibson Ferreira, informou a redação do Panorama Esportivo PE, através da rede social Facebook, que o Afogadense ganhou nas instâncias do TJD-PE (Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco) e STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), e entrará com o mandato de segurança para adquirir que por direito foi aceito, a sua vaga na A2 deste ano.

A equipe foi punida pela FPF-PE, por não ter comparecido ao último jogo da Série A2 do ano passado, recebendo um ano de suspensão e uma multa de R$20 mil reais.

Segundo Cleibson, o Afogadense vai disputar o Campeonato Pernambucano Série A2 2013. E a equipe já iniciou os trabalhos e vem forte para a competição.

A Federação Pernambucana de Futebol, deve ter recebido da justiça a informação que o ''Calango'' deve ser incluso na competição.

O que faz lembrar o caso do Treze, que pleiteou e foi concedido o direito de participar no campeonato brasileiro.

Vamos aguardar a o posicionamento da Federação Pernambucana de Futebol!

Michell Santana - Com informações de Cleibson Ferreira.

O novo meia do Central é Caio Tavera do Santa Cruz

O atleta de 26 anos esteve recentemente no Santa Cruz, onde foi campeão PE de 2013.

Caio chega para brigar por vaga na equipe, já que os atuais meias da patativa não estão bem.

Caio César Tavera, mais conhecido como Caio Tavera (Agudos, 06 de fevereiro de 1987), é um futebolista brasileiro que atua como meio-campo.

Começou sua carreira no Cruzeiro (2007), jogou na Europa por 3 anos vestindo a camisa do Atalanta da Itália. De volta ao Brasil em 2010, defendeu o Tigres do Brasil/RJ e no ano de 2011 jogou no Marília e Metroplocitano/SC. Em 2012 foi atleta do Villa Nova/MG. Em 2013 assinou com o Santa Cruz.

Fonte: girodosesportes.com

COPA SUL-AMERICANA: Nota de esclarecimento da Federação Pernambucana de Futebol (FPF)

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) esclarece que trabalha para o bem do futebol pernambucano e de seus filiados. A confirmação da classificação do Sport para a Copa Sul-Americana – se juntando ao Náutico – foi recebida com muita alegria.

A entidade trabalhará para que os dois clubes cheguem o mais longe possível na competição e briguem pelo título. Um clássico pernambucano na Sul-Americana é visto com bons olhos, contudo, o ideal seria que os dois filiados se enfrentassem mais à frente no torneio.

Por isso, e pelos critérios dos confrontos serem novos, a FPF se colocou à disposição dos clubes para uma possível alteração do provável clássico na primeira rodada. A competição é organizada pela Conmebol e a Federação só pode manifestar a vontade dos clubes, não cabendo à entidade realizar qualquer mudança.

Fonte: FPF

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Volante Vágner Rosa, treinando no Lacerdão

Quem estava no Lacerdão na tarde desta quarta-feira (24) foi o volante Vágner Rosa, ex-Porto.

O atleta conversou com o nosso site e disse que está tentando acertar um período de treinos no Central Sport Club.

Rosa gostaria de manter a forma física no Lacerdão e se possível reforçar a patativa na sequencia da série D.

´´Estava para ir para o Botafogo/SP, mas acabou não dando certo, recebi propostas do Altinho e do Serrano, mas prefiro aguardar coisa melhor``, disse Rosa.

O volante não tem mais passe preso ao Porto, rescindiu o seu contrato há 15 dias.

´´Estou livre para acertar com qualquer clube``, disse o jogador que já está com 30 anos.

Vamos aguardar!


Por Warley Santos - Giro dos Esortes

GALO FORTE VINGADOR: CAMPEÃO DAS AMÉRICAS!


O jejum de grandes conquistas vinha desde 1971.

Ainda com registros em preto e branco na televisão. Presos na velha geração.

Faltava mesmo um brilho intenso ao Atlético Mineiro, para voltar a confirmar o status de grande, de gigante do futebol nacional.

Veio, com todo o drama de um clube conhecido como “Galo Doido”.

Veio numa esfera maior, internacional, no sonho de consumo de todos os clubes do país, com a Taça Libertadores da América, inédita.

Suada, sofrida nos mata-matas.

A primeira fase foi brilhante, com a melhor campanha do torneio. Também passou sem sustos pelo São Paulo.

Depois, contra Tijuana, Newell´s Old Boys e Olimpia e o Atlético transformou a campanha em uma das mais emocionantes na história do país, que viu surgir o seu décimo campeão continental.

Na final, no velho palco, no novíssimo Mineirão. Triunfo nos pênaltis contra o copeiro Olimpia, dono de uma senhora vantagem.

Eram dois gols, fato só revertido uma vez na história. Agora, duas, com Victor pegando pênalti, como nas fases anteriores.

Mérito da azeitada máquina com Ronaldinho, Bernard e companhia.

Todos sob o comando de Cuca, o azarado, o quase, o isso, o aquilo..

Agora, o campeão.

DESCULPEM OS TRANSTORNOS


Por motivo de força maior estamos com poucas atualizações no blog, mas em breve estaremos retornando com as postagens rotineiras. Foi mal!

PRAGMTISMO FUTEBOLESCO MADE IN RECIFE

Combinação de resultados na Copa do Brasil dá certo e Leão da Ilha do Retiro garante vaga na competição internacional pela primeira vez tirando a exclusividade do Timbú.

Valeu a pena torcer por Atlético-PR, Botafogo e Santos como se fossem, cada um deles, o próprio Sport. Valeu a pena ficar ligado, fazer contas, alimentar a esperança. Valeu a pena ajoelhar-se em frente à televisão na hora dos pênaltis de Figueirense e Botafogo. Dramáticos. Nada foi em vão. Com a classificação do Furacão, Peixe e, por último, da Estrela Solitária, às oitavas de final da Copa do Brasil, o Leão da Ilha do Retiro carimbou o passaporte para a Copa Sul-Americana. A noite desta quarta-feira ficará marcada como uma das mais inusitadas na história do clube. E felizes. Ao menos para a parcela mais atenta da torcida rubro-negra.

Foi como se, das 19h30 até pouco depois da meia-noite, o Sport, mesmo sem jogar, estivesse em campo decidindo uma final de campeonato. Agústia que só teve fim com a última defesa de Jeferson no Orlando Scarpelli. De quebra, o destino resolveu aprontar: o adversário do Sport na fase nacional da competição será o rival Náutico. Ainda não há datas. Sabe-se apenas que o primeiro Clássico dos Clássicos internacional será na Ilha do Retiro, e o segundo na Arena Pernambuco, nova casa do Timbu.

Parece até roteiro de filme. O torcedor rubro-negro acordará renovado nesta quinta-feira. Além do desafio do acesso à Série A, agora as atenções se voltam para o torneio internacional, um antigo sonho de consumo. Que só virou realidade em 2013 graças ao esdrúxulo regulamento concebido pela CBF, o qual impede uma mesma equipe de disputar a Copa do Brasil e a Sul-Americana, simultanteamente, a partir das oitavas de final da competição nacional. Só por isso, o Sport, mesmo rebaixado para a Série B em 2012, ganha de mão beijada a vaga.

Restavam três. Até a noite desta quarta, cinco times já haviam fincado pé na competição. Náutico, Coritiba, Criciúma, Bahia e Portuguesa - previamente classificados via o Campeonato Brasileiro - foram confirmados ao serem eliminados da Copa do Brasil. A mesma possibilidade tinham Botafogo, Santos, Atlético-PR e Ponte Preta, na noite desta quarta. Nos jogos de volta da terceira fase da Copa do Brasil, só a Ponte perdeu, abrindo caminho para o Sport, que precisava justamente de pelo menos três resultados em quatro jogos (Atlético-PR e Paysandu; Figueirense e Botafogo; Crac e Santos; Nacional-AM e Ponte Preta.

Além de Sport e Ponte Preta, o Vitória-BA entrou na Sul-Americana. O time baiano, por sinal, estava à frente do Sport na fila de espera por ter alcançado o acesso à Série A em 2012 - o critério de desempate privilegiava o acesso, em detrimento ao rebaixamento. Por isso, o Criciúma, eliminado pelo Salgueiro na Copa do Brasil, e classificado à Série A à frente do Vitória, na Série B do ano passado, garantiu a vaga antes do próprio Vitória.

Três times - previamente classifcados para Sul-Americana via Brasileirão 2012 - já haviam sido eliminados da Sul-Americana por avançarem na Copa do Brasil: Flamengo, Internacional e Cruzeiro. Eram justamente as três vagas que estavam em jogo na noite desta quarta-feira. Era exatamente nelas que a torcida do Sport se apegava. Enfim, uma é do Leão. Graças a Atlético-PR 2 x 1 Paysandu; Crac 0 x 2 Santos; Figueirense 1 x 0 Botafogo (5 a 4 para os cariocas nos pênaltis).

quarta-feira, 17 de julho de 2013

SPORT 2 X 0 AVAÍ - Leão reencontra a vitória e a torcida na Ilha

Após um mês e cinco dias, o Sport voltou a jogar diante do seu torcedor e o reencontro foi o melhor possível, vitória e vaga no G4 do Brasileiro Série B. Com gols do meia Lucas Lima e do atacante Marcos Aurélio, em uma bela cobrança de falta, o Rubro-Negro pernambucano conquistou a sexta vitória na competição, a terceira consecutiva.


O Rubro-Negro chegou aos 18 pontos e ocupa a 3ª posição na tabela. O Avaí é o 15º, com 9 pontos ganhos. Na próxima rodada, o Sport encara o Oeste, novamente na Ilha do Retiro. O Avaí faz duelo catarinense com a Chapecoense, na casa do adversário.

Vindo de duas vitórias consecutivas fora de casa, o time do Sport entrou no gramado com apoio total de sua torcida, mas tinha a ausência do volante Rithely, autor de três gols na última partida.

O domínio dos mandantes era evidente desde o primeiro minuto de partida. O meia Camilo e o volante Anderson Pedra foram os primeiros a tentar o gol, com chutes de longa distência. Com a defesa bem arrumada, os laterais Rubro-Negros tiveram mais liberdade para atacar. E foi assim que o Sport chegou ao primeiro gol, quando Marcelo Cordeiro avançou pela esquerda e tocou para Lucas Lima, que na pequena área, só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol, abrindo o placar na Ilha.

Com o gol, o Sport ficu mais tranquilo em campo e continuou atacando, tentando ampliar a contagem, mas também acordou a equipe visitante, que aumentou a velocidade, em busca do gol de empate.

O lado direito do Sport era o mais eficiente, o lateral Patrick sempre que subia ao ataque, levava perigo, com belos cruzamento na linha de fundo. O habilidoso Lucas Lima era o mais consciente, com dribles e passes precisos.

Na etapa final, os catarinenses equilibraram as ações, o time do Sport recuou, mas jogando nos contra-ataques, fazia seu papel de dexiar a bola longe de sua área. O meia Cléber Santana era o único que criava para os adversários, mas pecava no último passe.

Os quase 19 mil torcedores que foram à Ilha do Retiro ainda assitiram a um belo gol do atacante Maros Aurélio, que cobrou falta por cima da barreira, acertando o ângulo do goleiro Diego, ampliando a contagem e decretando mais uma vitória do Rubro-Negro.

CRICIÚMA 1 X 1 SALGUEIRO - HISTÓRIA NO FUTEBOL DO INTERIOR

A torcida do Criciúma gritou, acordou o time quando o momento não era bom, mas não foi o bastante. O time da casa passou a maior parte do tempo na frente no placar nesta quarta-feira, no Heriberto Hülse. Porém, aos 41 minutos da etapa final, numa bola mal afastada, o Salgueiro deu o golpe preciso. Fabrício Ceará botou a bola na rede e o time sertanejo nas oitavas de final da competição. O empate em 1 a 1 rendeu um feito inédito para um clube do interior de Pernambuco.

No jogo de ida, em Salgueiro, as equipes empataram em 0 a 0, e o gol na casa do adversário pesou na classificação. Agora, o Carcará espera o sorteio da CBF para conhecer seu próximo adversário e as datas dos jogos. Depois de tirar o Vitória do torneio, a equipe eliminou o segundo time Série A do Campeonato Brasileiro.




globoesporte.com

sábado, 13 de julho de 2013

Meio-campo Tallys ex-Central é contratado pelo Paysandu

Após ser pretendido por vário times depois do Campeonato PE, o meio-campista foi procurado pela direção do "Papão" como é conhecido o Paysandú e acabou acertando com o time de Belém do Pará.

Tallys foi indicação do técnico Givanildo Oliveira que está precisando reforçar o meio-campo do seu clube.

O atleta que estava sem clube, pretendia voltar a jogar pelo Central nesta Série D do Brasileiro, mas a atual diretoria patativa não queria a contratação do jogador.

Tallys será companheiro do atacante João Neto, revelado pelo Central e com passagens por Sport e Portuguesa.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

A rodada dos Pernambucanos.


NÁUTICO 1 X 3 PONTE PRETA - Na estreia do técnico Paulo César Carpegiani, a Ponte Preta conseguiu neste sábado uma importante vitória na retomada do Campeonato Brasileiro após a pausa para a disputa da Copa das Confederações. Na nova Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife), a equipe de Campinas derrotou o Náutico por 3 a 1 e deixou a lanterna da competição para os pernambucanos.

SANTA CRUZ 1 X 0 CUIABÁ - Com gol de Flávio Caça-Rato, o Santa Cruz venceu o Cuiabá por 1x0 e ocupa agora a 4ª posição do Brasileirão Série C. Em jogo duro, e muitas chances perdidas pelas duas equipes, o Santa Cruz conseguiu vencer e tirar o time do Mato Grosso do G4.

SALGUEIRO 4 X 1 GURUPÍ - O Carcará dominou todo o 1º tempo no cornélio de Barros e saiu da 1ª etapa na frente com 1 x 0, tendo perdido muitas chances de gol. No 2º tempo o Gurupí equilibrou as forças marcou o gol de empate e quase virou mas o Carcará fez valer o seu mando de campo e empurrou mais três gols para a rede do adversário. Elvis, Vítor Caicó e Fabrício Ceará (2) foram os artilheiros do time Sertanejo.

JOIVILE 2 X 3 SPORT - Em jogo válido pela sétima rodada do Brasileiro Série B 2013, a equipe do Sport visitou o Joinville, em Santa Catarina e venceu o tricolor por 3 a 2, com gols de Camilo, Marcos Aurélio e Renan Teixeira, subindo na tabela da competição. Para o JEC, o atacante Lima marcou duas vezes. O resultado manteve o Joinville na vice-liderança do campeonato, com 5 pontos conquistados. O Sport é o quinto, com 12 pontos ganhos.

Fonte: pefutebol.com

quinta-feira, 4 de julho de 2013

COPA DO BRASIL: Salgueiro 0 x 0 Criciuma

Carcará não consegue vencer o Tigre 
e tem tarefa difícil na casa do adversário

O Carcará ficou no empate em 0 x 0, ontem à noite, com o Criciúma. A torcida pernambucana esperava mais da equipe. Para o jogo de volta o Salgueiro tem vantagem de um empate com gols, ou de uma vitória simples em cima do adversário.

Depois da Copa das Confederações, o Salgueiro foi o primeiro clube de Pernambuco a entrar em ação. E decepcionou sua torcida. Jogando no estádio Cornélio de Barros, o Carcará não conseguiu sair do 0 x 0 no primeiro confronto diante do Criciúma, pela Copa do Brasil.

Dos males, o menor. Como não sofreu gols, o Salgueiro pode garantir a classificação à próxima fase com um empate com gols. E, claro, com uma vitória simples. O segundo confronto acontece no próximo dia 17, no estádio Heriberto Hulsen, em Criciúma. O time catarinense joga pela vitória. Um novo empate em 0 x 0 leva a decisão para os pênaltis.

O duelo no sertão pernambucano foi bem disputado, mas chato. As duas equipes buscaram o ataque, mas falharam bastante na troca de passes e, especialmente, nas finalizações. Assim, o resultado final acabou sendo justo.

Antes de jogar a volta no Sul, o Salgueiro se dedica à Série D nacional. O time que lidera o Grupo A2, recebe no próximo domingo, o tocantinense Gurupi. Já o Tigre pegará o Atlético-MG pela Série A.



Fonte: FPF

Bairrismo, Provincianismo... chame do que quiser, é um absurdo!


“Com mais esse grande jogo, a Itaipava Arena Pernambuco inicia a sua variedade de atuações e demonstra a vocação de multifuncionalidade. Já recebemos a Copa das Confederações e jogos do Naútico. Encaramos esta partida como mais um espetáculo, como teremos outros, ligados não apenas ao futebol, como também a shows, eventos e entretenimento. Estamos preparados para oferecer as melhores condições possíveis”.

A declaração é de Sinval Andrade, presidente da Itaipava Arena Pernambuco, se referindo ao clássico carioca Botafogo x Fluminense, no estado.

Obviamente, ele enxerga da melhor forma possível (e rentável) esta agenda. Foi o clássico do Rio de Janeiro que deu início às discussões sobre o tema.

A palavra “provincianismo” foi bastante utilizada nos dois lados da discussão.

Entre os que defendem jogos tipo, seria provincianismo achar que uma partida assim poderia influenciar no perfil das torcidas pernambucanas, com o aumento a longo prazo de torcedores de times de outros estados no Recife.

Entre os que não gostaram, seria provincianismo o fato de receber esse jogo, pois outras cidades com tradição no futebol, como Belo Horizonte e Porto Alegre, não foram cogitadas, levando em conta o poder das massas locais.

O blog, desde o começo, não tratou o clássico como um caso isolado. Mas sim como o início de uma tendência, numa transição não imaginada até então.

A frase do presidente do consórcio, inclusive, confirma isso.

Tanto que o jogo Flamengo x Grêmio, também pela Série A, já estaria engatilhado. Depende do resultado financeiro de Bota x Flu.

O clássico carioca terá ingressos por R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Os sócios dos Botafogo, o “mandante”, poderão comprar ingressos de sócio.

Com 50% de desconto, atendendo à vontade do clube, que alugou o estádio.

Nos jogos do Náutico, num contrato mais longo, o associado timbu terá 30%.

Não faz muito sentido.

O consórcio já ajudou bastante o Timbu, melhorando o centro de treinamento, com direito à instalação de refletores, e com um aditivo mensal de R$ 500 mil até o início da operação regular, neste mês.

No entanto, as ações mais recentes vêm batendo de frente com esse princípio.

Mudança na data do jogo, justamente para receber outro jogo, desconto menor para sócio, demora na marcação de de horários para treinos etc.

Paralelamente a isso, a Arena segue buscando formas de gerar receita – e é uma necessidade. Mas ao agendar partidas do Rio de Janeiro, alvo de polêmicas, o consórcio deixa uma série de questionamentos no ar…

Na parceria público-privada, o governo do estado terá que suprir o o rombo no faturamento anual caso a receita da temporada seja abaixo de 50% da previsão inicial, de R$ 73,2 milhões, segundo aditivo assinado em 21 dezembro de 2010.

A estimativa, aliás, é altíssima. Foi calculada considerando a presença de Santa Cruz e Sport, como o governo garantiu ao parceiro privado. Contaram com ovo antes da galinha, pois tricolores e rubro-negros ainda não assinaram.

Ou seja, para que o governo (o povo, consequentemente) não pague a conta – com três décadas pela frente -, os jogos de fora “precisam” ser um sucesso.

Logo, não serão poucos jogos…

Botafogo x Fluminense é, sim, uma partida emblemática para o futebol local.

Por mais que os torcedores sigam discutindo, jogos assim vão acontecer.

Comparações com os benefícios do Náutico, único cliente até o momento, serão onipresentes. A preocupação com a receita anual ainda mais.

É inegável o ganho ao estado proporcionado pela Copa das Confederações e pela Copa do Mundo. Pernambuco não poderia ficar de fora disso.

Mas o ônus, contudo, virá. Por enquanto, uma surpresa a cada semana.

Mudança cultural, econômica… Tudo a dezenove quilômetros do Marco Zero.

Por Cássio Zirpoli



Nós do Caruaru Esportes somos contra esse tipo de evento esportivo em nosso estado. Sou Nordestino e torço por time da minha região!

segunda-feira, 1 de julho de 2013

A imagem diz tudo, estamos atravessados na garganta de alguém!


Segundo Del Bosque, o fracasso no Brasil não significa o fim da era de vitórias da Espanha. O técnico pretende manter a base que conquistou títulos importantes desde 2010 e que manteve o país no primeiro lugar do ranking da Fifa.

- Nosso histórico nos deixa otimistas que temos coisas boas. Temos bons jogadores, algo bem definido. Não temos porque fazer modificações por causa de uma derrota. Foi uma derrota merecida – concluiu.

"Manifestação de futebol" - Brasil 3 x 0 Espanha

A imprensa espanhola não escondeu sua frustração com o placar de 3 a 0 sofrido pela Espanha para o Brasil, na final da Copa das Confederações. O fim da invencibilidade de 29 jogos da Roja fez o jornal Marca criar a sua própria versão do Maracanazzo, termo que surgiu após o inesperado revés sofrido pela Seleção na decisão da Copa do Mundo de 1950. Na visão dos espanhóis, o que se viu na noite deste domingo no Maracanã foi um "Maracantazo" (antes, também chamou de "Neymarazo"): "Um autêntico inferno no Maracanã", publicou, tratando a derrota como indiscutível, mas criticando o excesso de faltas dos brasileiros para "anular" o oponente. Na capa do jornal desta segunda-feira, a manchete em tom de revanche: "Voltaremos..."

"O melhor Brasil e a pior Espanha" foi como retratou o jornal AS, que viu a Roja terminando como o "convidado perfeito" para o Brasil e lembrando ser a primeira grande derrota em cinco anos dos espanhóis. Já o Sport se rendeu a Neymar e seu "futebol vertiginoso": "Não houve mais finalista que o Brasil, nem maior estrela que Neymar", publicou, elogiando também Daniel Alves, a quem chamou de "O Rei das finais" por ter levado a melhor em 18 de 22 decisões na carreira.

O Mundo Deportivo deu o destaque: "Neymar esmaga a Roja". O site também fez uma brincadeira sobre a polêmica festa que teria feita a Espanha num hotel no Recife, com mulheres e strip-poker (jogo de cartas onde quem perde uma rodada tira uma peça de roupa). "O pentacampeão do mundo faz poker na Copa das Confederações", escreveu, em referência ao quarto título brasileiro no torneio e a jogada conhecida como "four" no jogo de baralho, quando se têm quatro cartas iguais.

Olé também se rende ao Brasil

O jornal Olé, da Argentina, famoso por suas manchetes provocativas, desta vez se rendeu ao Brasil. Em seu site, o destaque: "Manifestação de futebol", em referência à grande atuação da Seleção em meios aos protestos que tomam conta do país cobrando melhorias nos serviços públicos e o fim da corrupção: "Agora sim, festeja o país inteiro", escreveu.

globoesporte.com

sábado, 29 de junho de 2013

AMISTOSO: Ypiranga 1 x 0 CSA

O Ypiranga derrotou o CSA no amistoso disputado na tarde deste sábado, no Estádio Limeirão, em Santa Cruz do Capibaribe-PE. O time pernambucano venceu por 1 a 0, gol de Danúbio, aos 23 minutos do segundo tempo, em partida que acabou antes do tempo por causa de uma briga entre os atletas.

- Infelizmente, houve um príncpio de confusão entre os jogadores e, aos 36 minutos, o árbitro encerrou o amistoso. Lamentável, mas todos estão bem - disse o assessor de imprensa do CSA, Bruno Félix.

Esse foi o segundo amistoso entre as equipes nesta intertemporada. No primeiro jogo, disputado quarta-feira, no Rei Pelé, em Maceió, o CSA venceu por 1 a 0, gol do atacante Cecel.


Série D

CSA e Ypiranga estão no Brasileiro da Série D e entram em campo pela competição nacional no dia 7 de julho, às 16h. O Azulão recebe o Botafogo-PB no Rei Pelé, e o time pernambucano encara o Tiradentes-CE, fora de casa.

Os amistosos serviram para os técnicos Beto Almeida, do CSA, e Eric Gaúcho, do Ypiranga, observarem o elenco. Como na partida em Alagoas, eles fizeram muitas alterações neste sábado e movimentaram quase todos os jogadores relacionados.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

CARLITO TEVEZ na Juventus

Juve oficializa a compra de Tevez,
que vestirá a camisa de Alessandro Del Piero


Acabou a novela: Carlos Tevez é jogador da Juventus. Após diversas especulações, o clube italiano oficializou, nesta quarta-feira, a contratação do atacante, que chega para vestir a histórica camisa 10 de Alessandro Del Piero, e receber um salário de 5,5 milhões de euros (R$ 15,6 milhões) por cada uma das três temporadas que acertou no contrato.

O argentino, que custou nove milhões de euros (R$ 26 milhões) aos cofres da equipe italiana, chegou a Turim na noite desta quarta-feira, sendo recebido com muita festa pelos torcedores. A expectativa é que ele realize os exames médicos ainda hoje.

Comprado com status de estrela, Tevez já chega à Juventus com muita responsabilidade. Ele será o primeiro atleta a usar a camisa 10 da Vecchia Signora após a saída do atacante Alessandro Del Piero, “dono” do número há quase 20 anos, da equipe para o Sydney FC, da Austrália.

O ex-jogador do Manchester City foi contratado pela Juventus para resolver os problemas ofensivos da equipe, que, apesar do grande número de atacantes, não encontrou ninguém confiável para a posição. Além de Tevez, o espanhol Fernando Lloriente, ex-Athletic Bilbao, também foi comprado para reforçar o ataque da atual bicampeã italiana para a próxima temporada.

sábado, 22 de junho de 2013

Pernambucano com chance de ouro na Seleção

SALVADOR - Fim de treino da Seleção, nesta sexta-feira, no estádio de Pituaçu. Hernanes chama o companheiro Jean, que pega algumas bolas. Enquanto os demais já estão no alongamento final, o jogador do Fluminense lança bolas para o meia da Lazio afastar de cabeça. Só depois de alguns minutos é que o pernambucano se dá por satisfeito e finaliza o seu trabalho do dia.

Assim é Hernanes. Meia que se destacou no São Paulo e hoje é estrela da Lazio. Atualmente, é disputado por várias equipes e transferências envolvendo o nome dele circulam diariamente nos noticiários. Na Seleção, voltou a ganhar a espaço com a volta do técnico Luiz Felipe Scolari. Reconquistou prestígio aos poucos. Vem figurando na reserva, mas foi acionado nas duas partidas disputadas pelo Brasil na Copa das Confederações.

Diante da Itália, porém, Paulinho não poderá atuar, devido a uma entorse no tornozelo. E então Hernanes será titular. É a chance que ele tanto esperava. E que não pretende desperdiçar. "Estou tendo oportunidades. Acredito que não é um jogo que define toda a situação, mas são sequências de chances que você tem que aproveitar para mostrar o seu trabalho", afirmou o meia.

Com Hernanes, a equipe brasileira ganha uma características diferente. É o próprio jogador que define o que muda no time com a entrada dele e a saída de Paulinho. "O Paulinho tem um fôlego impressionante. Por isso, consegue chegar mais na área do que eu e ainda volta para marcar de uma maneira impressionante. Já eu gosto mais de jogar com a bola no pé, para chegar próximo da área e então chutar ou dar um passe em profundidade", descreveu.

Neste sábado, Hernanes estará enfrentando alguns de seus companheiros de Lazio. Um deles, o meia Candreva deve ganhar uma chance no time titular. Para o pernambucano, será interessante ter o amigo pela frente. "São coisas que só o futebol pode proporcionar. Há um mês, nós nos fechamos na Lazio para a conquista da Copa da Itália. Agora vamos nos enfrentar. É interessante. Mas depois, quando tudo acabar, a amizade continua", contou o meia.

Fonte: Superesportes

TAITI: Sem a badalação das grandes seleções os Taitianos recebem a simpatia dos Pernambucanos

A seleção Taitiana em Recife, recebe o calor dos Pernambucanos e ficam a vontade para dar uma voltinha pelo Recife. 

Graças a Deus eles não foram assaltados nem ficaram ilhados com os alagamentos provocados pelo sereno que cai na capital Pernambucana.

Se a sorte tiver mesmo do lado deles, vão fazer gol no jogo de hoje e quando voltarem pro Hotel não perderão nenhum item de suas bagagens.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Nós apoiamos um protesto pacífico!


FORLÁN 100 - NIGÉRIA 1 x 2 URUGUAI

Diego Forlán foi o grande personagem da vitória do Uruguai sobre a Nigéria, nesta quinta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada da Copa das Confederações. O atacante do Internacional foi a novidade na escalação do técnico Óscar Tabárez, na vaga de Gaston Ramírez, e justificou sua entrada ao definir o triunfo por 2 a 1 com um lindo gol no início da etapa final, o segundo de sua equipe. Foi o cenário perfeito para a festa do veterano de 34 anos, que fazia sua centésima partida com a camisa do país.

A vitória foi de extrema importância para o Uruguai e manteve viva a equipe na competição. A seleção sul-americana chegou aos mesmos três pontos da Nigéria, que leva vantagem no saldo de gols - 4 a 0 - na segunda colocação da chave. O resultado também impediu que a Espanha, líder com seis pontos, garantisse matematicamente a classificação. O lanterna é o Taiti, que ainda não pontuou.

Mesmo na segunda colocação, a Nigéria tem situação mais complicada para buscar a vaga nas semifinais, já que depende do resultado diante da poderosa Espanha, no domingo, na Arena Castelão, em Fortaleza, para classificar. Já o Uruguai terá tarefa muito mais fácil ao enfrentar o saco de pancadas da competição, o Taiti, no mesmo dia, na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (região metropolitana do Recife). Ambas as partidas acontecerão às 16 horas.

Fonte: pefutebol.com

Espanha 10 x 0 Taiti no Maracanã

 A Espanha não teve problemas para confirmar a goleada anunciada sobre oTaiti. Diante de um bom público no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, os atuais campeões mundiais não precisaram dos titulares para aplicar nada menos que 10 a 0 na "zebra" da Copa das Confederações, em um duelo de Davi e Golias praticamente sem precedentes em torneios deste nível.

Fernando Torres, com quatro gols, e David Villa, três, foram os destaques da equipe reserva da Espanha no jogo válido pela segunda rodada do Grupo B. Pelo Taiti, o goleiro Roche ganhou o apoio da torcida e até o consolo de alguns espanhóis em campo, após sofrer dez gols. Ele e todo o grupo de jogadores taitianos foram aplaudidos de pé pelos torcedores no Maracanã.

O elástico placar marcou a maior vitória da história da Copa das Confederações. O triunfo superou a goleada de 8 a 2 aplicada pela seleção brasileira na Arábia Saudita, na semifinal da edição de 1999, no México.

A segunda vitória no Grupo B ainda não garantiu a classificação espanhola para a semifinal. O time europeu precisa de um triunfo ou empate da Nigéria sobre o Uruguai, ainda nesta quinta, para garantir seu lugar na próxima fase. As quatro seleções da chave voltam a campo no domingo. Os espanhóis duelam contra os nigerianos em Fortaleza, enquanto que os uruguaios enfrentam os taitianos no Recife.

ESPANHA 10 x 0 TAITI

ESPANHA - Reina; Azpilicueta, Albiol, Ramos (Jesus Navas) e Monreal; Cazorla (Iniesta), Javi Martínez, David Silva, Juan Mata (Fábregas); Torres e David Villa. Técnico: Vicente Del Bosque.

TAITI - Roche; Ludivion, Vallar e Jonathan Tehau; Lemaire (Vero), Bourebare (Lorenzo Tehau), Caroine e Aitamai; Vahirua, Chong-Hue e Alvin Tehau (Teaonui Tehau). Técnico: Eddy Etaeta.

GOLS - Torres, aos 4 e aos 32, David Silva, aos 31, e David Villa, aos 38 minutos do primeiro tempo; David Villa, aos 3 e aos 18, Mata, aos 20, Torres, aos 11 e aos 32, e David Silva, aos 43 minutos do segundo tempo.
CARTÃO AMARELO - Cazorla (Espanha).
ÁRBITRO - Djamel Haimoudi (Fifa/Argélia).
PÚBLICO - 71.806 pagantes.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

HISTÓRICO: JAPÃO 3 X 4 ITÁLIA

O Japão reclamou e muito das longas viagens antes de enfrentar o Brasil na estreia da Copa das Confederações, quando não conseguiu impor o estilo de jogo de velocidade. Pior para os italianos, que precisaram buscar uma virada heroica por 4 a 3 para chegar à última rodada do Grupo A sem depender de outros resultados, mesmo tendo finalizado menos que os rivais: 11 contra 15.

Até os 40 minutos do primeiro tempo, o domínio foi completo dos japoneses, sempre com os dribles de Kagawa e os passes precisos de Honda. A dupla infernizou a zaga azzurra, principalmente quando os laterais Uchida e Nagatomo apoiavam. O volume de jogo e a superioridade nas finalizações foram convertidos nos gols de Honda, de pênalti, e Kagawa. 

Na reta final, a Itália passou a pressionar, apostando na marcação da saída de bola. Em dois escanteios seguidos, De Rossi aproveitou a baixa estatura da defesa nipônica e testou firme para descontar. Os italianos voltaram para o segundo tempo em ritmo acelerado e viraram o jogo antes dos dez minutos com Uchida, contra, e Balotelli, também de pênalti.

O jogo mais duro dos italianos rendeu dois cartões amarelos: um para Buffon por cometer pênalti em Okazaki antes do primeiro gol japonês e outro para De Rossi por carrinho por trás em Kagawa. O único amarelo do Japão foi para o capitão Hasebe, no lance discutível que resultou no pênalti convertido por Balotelli.

De volta ao ataque, a seleção asiática voltou a liderar no número de finalizações e a reação foi coroada com o gol de cabeça marcado por Okazaki, mesmo com os altos zagueiros azzurri. Apesar da presença do grandalhão Havenaar na área, o Japão deixou de apostar nos cruzamentos – com exceção ao gol anulado de Yoshida – e se expôs para o contra-ataque italiano concluído por Giovinco.